publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 28 Maio , 2018, 07:23

mosta sabado 008.JPG

 

Falo por mim. Mas sinto que poderei falar por outros.

É que esta coisa da “Malta” é assim: Alguns de nós ligam-se pelas afinidades que vivências comungadas de outros tempos geraram.

E vêm-nos as memórias, rememoradas vezes sem conta, em que o tempo volta atrás e nos torna as crianças e jovens que já fomos.

Lá nos surgem narrativas, as nossas estórias, com a típica subjetividade de quem conta um conto e lhe acrescenta um ponto.

Sorrisos e risos quase sempre, mas também, por vezes tristezas: Ah sim! O nosso querido Alberto Leal que nos deixou para sempre!

Partilhamos a sua memória e todos irrompemos num aplauso geral.

 

Mas, a eterna boia na velha frase: “A vida continua…”

E já nos movemos no presente a festejar a vida…

 

Que vivam os “Encontros da Malta!”

 

 

Nuno Espinal


comentários recentes
sentimentos a sua família. dalila trindade costa p...
Parabéns à Flor do Alva pelo centenário que acaba ...
Visão esclarecida e preocupada de um preclaro cida...
parabéns Dª Lucília silva tudo de bom
também para si um bom ano novo senhor Nuno Espinal...
Obrigado, um bom ano também para si, Um grande abr...
Partilho, caro Espinal. Um bom ano, amigo
Na minha aldeia - Torroselo -, o leilão de oferend...
Parabéns! Bjs
os meus sentimentos a família
Maio 2018
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

14
16
18
19

20
22
23
24
25

29


pesquisar neste blog