publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 18 Abril , 2018, 14:52

Malta18.jpg

 

O tempo corre a uma velocidade incrível. “Já vamos no XI Encontro da Malta”. E se desde o “I Encontro”, que medeia um espaço de dez anos, o tal tempo psicológico foi-nos célere no seu percurso, que dizer do tempo que medeia desde os momentos áureos da nossa juventude, em que Vila Cova era, nos períodos das nossas férias escolares, ponto de encontro das nossas vivências em época tão representativa da história contemporânea?

De facto, é verdade que parece que foi ontem! Mas, já lá vão uns quarenta, cinquenta anos…

Os ícones do cartaz, com composição do Henrique Gabriel, são elucidativos de uma época que foi marcante na rutura de barreiras conservadoras. Fomos protagonistas de muitas mudanças na nossa compreensão da urgência de um movimento universal conducente a um outro mundo.

E, nós, jovens de um cantinho à beira mar plantado, apesar do regime repressivo em que vivíamos, tivemos a nossa quota parte de ação no movimento universal que carreou a humanidade a novas mentalidades e a um outro futuro.

Por isto, estes ícones tão universais são também muito nossos.

Viva a “Malta”, Viva o nosso “XI Encontro”!

 

Nuno Espinal


comentários recentes
Parabéns à Flor do Alva pelo centenário que acaba ...
Visão esclarecida e preocupada de um preclaro cida...
parabéns Dª Lucília silva tudo de bom
também para si um bom ano novo senhor Nuno Espinal...
Obrigado, um bom ano também para si, Um grande abr...
Partilho, caro Espinal. Um bom ano, amigo
Na minha aldeia - Torroselo -, o leilão de oferend...
Parabéns! Bjs
os meus sentimentos a família
É COM SINCERA TRISTEZA E DESOLAÇÃO QUE VEJO, TAMBÉ...
Abril 2018
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
14

16
17
19
21

22
23
27

29
30


pesquisar neste blog