publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 28 Dezembro , 2014, 19:16

IMG_1024.JPG

Foi um período de Natal algo depressivo em Vila Cova. Falecimentos e os três respetivos funerais.

Para além da saudade e pesar pelos que partem, o sentimento geral é o de muita apreensão. Que futuro para a nossa Vila Cova? Claro, não só Vila Cova. É que os números deixam-nos constrangidos.

Vamos à realidade:

O nosso Padre Rodolfo, nas dez paróquias que pastoreia, revela-nos uma estatística que nos reforça a apreensão: Em 2014, 103 funerais, 25 batizados e 10 casamentos. Em Vila Cova (paróquia), 13 funerais, 4 batizados e 1 casamento.

Um verdadeiro descalabro demográfico. E tudo aponta para a irreversibilidade da situação. As projeções assim o dizem.  

Ouvem-se comentários: “Mais uns quinze ou vinte anos e serão mais as casas que as pessoas!”

Percebe-se o desalento. O sentimento é de descrença.

Mas…

Há que lutar para, perante o circunstancial, desconcertar potenciais adversidades.

Com os jovens, os menos jovens e os mais idosos.

Erradicar o espírito de “quinta”, fundir instituições, apoiar os que dirigem e gerem, partilhar com instituições de povoações vizinhas recursos, através de inter-relações e fusões institucionais.

Há que alterar procedimentos, aceitar novas condutas e reformulações estruturais em tudo o que é tecido de organização social, seja dentro de muros, como fora de muros.

Deixemo-nos de bairrismos atávicos. Defendamos sim as nossas tradições e,  com elas, o respeito pela nossa história e pelos que a construíram.

Partamos, pois, em partilha com outros, para a construção de um futuro, que seja, dentro do possível, o melhor para todos. Todos, sem exceção.

 

Nuno Espinal

 


De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Dezembro 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
13

19

27



pesquisar neste blog
 
subscrever feeds