publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 27 Janeiro , 2014, 22:36

 

 

Também concordo com Mariano Gago. Há uma excepção: Coimbra. Até se pode explicar historicamente. Não esqueçamos que foi com a "praxe " de Coimbra - gosto mais de usar o termo TRADIÇÕES ACADÉMICAS - que o governo fascista de Salazar e Américo Tomás, sofreu o maior desafio de sempre, pela democratização do Ensino, pela liberdade - a Crise Académica de 69. Não esquecer que foi o Conselho de Repúblicas e os estudantes reunidos em Assembleia Magna que decretaram Luto Académico. Uma coisa é ser-se praxista, outra é entender a cultura de tradições académicas onde figuras como João de Deus, Antero, Aristides de Sousa Mendes, Vergílio Ferreira e outros se integraram, acrescentando carga humanística, fortemente cultural e de contestação a todas as formas de abuso do poder. Coimbra tem a obrigação de não alienar esse património. Hoje a maioria das Repúblicas de Coimbra são contra a praxe, ao serem-no, nada da mais fazem do que alargar a rebeldia de quem marca o que de melhor tem o espírito de Coimbra. Quando a Praxe comanda a Cultura, a Inteligência, é claramente fascista. Quando ela existe inserida na comunidade como mais um elemento de congregação, entendendo a cultura a que pertence, à boa maneira de Coimbra, então está no lugar certo. Temo que mesmo em Coimbra as tradições, pelo que tenho vindo a observar, estejam a degenerar na sua mais valia de fraternidade. Sei que há maus exemplos que têm vindo a fazer o seu caminho, mas também sei que Coimbra e a sua Universidade têm património mais do que suficiente para dar a volta a uma situação que se generalizou de infantilismo cívico.

 

Carlos Carranca

 

(Através de Manuel Vasconcelos)

 

 


De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Janeiro 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9

15

24

30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds