publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 13 Dezembro , 2017, 18:43

IMG_1599.JPG

Vila Cova é tão velhinha
Que “mil águas” já viu passar
Aldeia bela e maneirinha
Pelo Alva se deixou embalar!

Sobranceira ao seu amor
Enleada, estendeu o olhar
E a S.João pedia com fervor
Que as nuvens o fizessem voltar!

Corriam lavadeiras para o rio
Onde lavavam os segredos
Vila Cova de fio a pavio,
Risos, choros, tantos degredos!

Terra de muita idade
Já viu partir muitos dos filhos
Que a ela tornam com saudade
Da juventude e dos seus pecadilhos!

Moribunda, a velha aldeia
Ainda se ergue majestosa
E se a luz da vida não se alteia.
Mesmo assim, é muito airosa!


JSilva
12/12/2017

 


De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Dezembro 2017
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

12
14
16

17
20

24
25
28
29

31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds