publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 19 Fevereiro , 2015, 22:53

15213827_QumzM.jpg

Foto de arquivo de Nuno Espinal: O padre Januário em convívio, com um garrafão nas mãos. Da esquerda para a direita: Sr. João de Figueiredo, Eng. Silvestre Leitão, Sr. Fernando Gabriel, meus primos Alfredo Ribeiro e José Pinto (de todos os da foto o único que é vivo) e meu avô Quinzinho.

 

 

Recebi do Dr. Nuno Mata o seguinte comunicado, que passo a divulgar:

 

"Exmos Srs (Sras)

Caros amigos(as) e colaboradores(as),

 

O projecto Arganilia, idealizado pelo Prof. João Alves das Neves, pretende ser e tem sido um repositório de informação e cultura da Beira Serra, desde o seu 1º número.

Coube-me, após o seu desaparecimento físico, assumir a continuidade da revista, com as dificuldades inerentes a uma tarefa graciosa e não profissional. Porém, tenho registado ao longo dos últimos 3 números (os que tive a honra de dirigir) a imprescindível e fundamental colaboração de pessoas da Beira Serra, a ela ligadas ou mesmo sem qualquer ligação, mas que viram nesta revista a possibilidade de deixar aos vindouros as suas pesquisas, opiniões e trabalhos culturais e intelectuais. Mas também devo salientar, na esmagadora maioria dos casos, o completo afastamento e desconsideração que a revista tem recebido de organismos oficiais ou associativos, apesar dos inúmeros esforços para que a sua opinião possa ser lida…Ainda que mantenho a esperança de que possam TODOS juntar-se a um projecto de todos. 

Mais um ano se iniciou e com ele a perspectiva de manter viva a revista Arganilia. Por esse facto e desejo, o número de 2015 (a ser possível a sua edição – dependente sempre das colaborações recebidas), terá como tema de capa o Reverendo Padre Januário Lourenço (Vila Cova de Alva, Barril de Alva e Anceriz) e, nomeadamente, a sua contribuição cultural para a Beira Serra através do jornal que editou, Ecos do Alva. Para além deste tema de capa, ficarão como tema livre as restantes contribuições que possam e queiram dar, apenas solicitando que as mesmas se possam ligar, de uma forma ou de outra, à região-alvo da revista.

Os artigos, como sempre, não têm limite de páginas e poderão ser acompanhados por ilustrações/imagens que, por economia de custos, serão impressos em escala de cinzentos.

Agradecendo a vossa paciência e apreço, despeço-me com amizade

Nuno Mata

(Vice-Director da revista cultural da Beira Serra – ARGANILIA)"

 

Informei o Dr. Nuno Mata da minha disponibilidade e interesse em colaborar neste número da Revista Arganilia, movido pelo respeito e admiração que me merece a memória de Padre Januário Lourenço dos Santos.

Incito os leitores do Miradouro a fazê-lo, ou assinando um artigo, ou prestando informações ou ainda enviando fotos que respeitem ao Padre Januário. Para envio da documentação, os leitores do Miradouro poderão aceder, entre outras vias possíveis, ao meu email: “espinal.nuno@gmail.com”.

Farei chegar todas as contribuições ao Dr. Nuno Mata, sendo que o limite de entrega de todo o acervo documental não deva ultrapassar o final do mês de Setembro.

 

Nuno Espinal

 


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Fevereiro 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11

21

25
28


pesquisar neste blog