publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 14 Dezembro , 2018, 08:33

ll (1).jpg

Sempre me fascinaram os presépios. E quanto mais simples mais me fascinam. Mesmo com as incoerências e os desajustes históricos que revelam. Como um, de um Pai Natal a descer por uma parede e com um saco carregado de presentes para o Menino Jesus. Entre eles um computador.  

Mas, repito: os presépios fascinam-me. Transmitem-me na sua simplicidade um sentimento de saudade, um sentimento de ternura.

Eis, na foto, o do Centro de Dia.  Obra das trabalhadoras do Centro, a desafiar as leis das proporções e dimensões normais. Os cascos dos camelos quase do tamanho das casas! Sorri. Lindo! - comentei. E, juro, com um assomo de comoção até.

Nuno Espinal


De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




comentários recentes
Muito bem! Gostei. Contudo falta referir muitos pe...
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
Dezembro 2018
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
15

18

27
28

31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds