publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 24 Março , 2015, 22:29

Morreu Herberto Helder o “Poeta dos Poetas”.

Da sua pena publicámos no Miradouro poemas e excertos de poemas. O momento poderá ser o de enaltecer o seu tão alto contributo para a poesia portuguesa. Mas, não! Não lhe prestaremos homenagem póstuma, porque homenagem era procedimento que repudiava, pelo cinismo e hipocrisia que tantas vezes encerra.

Enaltecer sim mas a sua Poesia. E hoje com o Poema “Dons do Amante”, extraído da coletânea “Poesia Toda”, edição de 1990. E também um breve escrito tão definidor da sua obra.

A morte calou o Mestre. A morte não calou o Mestre.

 Nuno Espinal

 

 

“O extremo poder dos símbolos reside em que eles, além de concentrarem maior energia que o espetáculo difuso do acontecimento real, possuem a força expansiva suficiente para captar tão vasto espaço da realidade que a significação a extrair deles ganha a riqueza múltipla e multiplicadora da ambiguidade. Mover-se nos terrenos dos símbolos, com a devida atenção à subtileza e a certo rigor que pertence à imaginação de qualidade alta, é o que distingue o grande intérprete do pequeno movimentador de correntes de ar.

 Herberto Helder”

 

 

“DONS DO AMANTE

 

Sobre a tua cabeleira hei-de pôr, para as núpcias,

uma coroa de borboletas com suas

asas pintadas.

 

Terás de volta ao pescoço flores de abóbora,

em prata,

e a lua que para ti noites e noites forjei.

 

Andarás pelo povo sobre um cavalo em turquesa.

Um cavalo ardente e leve, animado

Pelo meu fogo de amor.

 

E a teus pés eu lançarei uma pedra quente quente:

o coração onde correm

milhões de gotas de sangue.

 

Herberto Helder”    

 


De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Março 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9

17
21

25

30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds