publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 24 Junho , 2014, 23:12

 

 

Festa de São João Batista em Vila Cova/1914 em duas partes: Parte religiosa e parte de entretenimento. Até aqui nada que não seja igual ao que sempre tem sido. Só que, se os atos religiosos corresponderam ao que dita a tradição, já as atividades de divertimento ficaram-se por um concerto da Flor do Alva, apresentado durante cerca de uma hora, na Praça.

Vamos a cada uma das partes.

De manhã, cerca das 10 horas, Missa rezada na Capela do Alqueidão, celebrada pelo Sr. Padre Rodolfo Leite, Missa em que participou o agrupamento litúrgico da Flor do Alva. Cerca das onze horas a Procissão, incorporada por vários andores, que pelos seus ornamentos proporcionam sempre um ar festivo, de muita cor. Procissão muito participada, o que é de salientar, atendendo ao facto de ser um dia de trabalho.

Da parte da tarde o concerto da Flor do Alva. Dezanove músicos deram o seu melhor e cumpriram com brilhantismo a apresentação das cerca de dez peças musicais com que se exibiram. Parabéns a todos e ao maestro Calado. O povo presente, não mais que uma meia centena de pessoas, apreciou e sublinhou com muitos aplausos a exibição da Flor do Alva.

E pronto! Anunciadas umas bifanas e uns peixes do rio, umas musiquetas à Quim Barreiros em altifalantes estrategicamente montados e eis consumada a festa ao nosso São João.

“Que tristeza!” - ouvia-se de alguns. “Ai que saudades de outros tempos!” – comentavam alguns dos mais velhos.

Pois é! As coisas mudaram e vão continuar a mudar. Festas, organizadas por mordomos um tanto aleatoriamente nomeados, começa a parecer que já foi chão que deu uvas. Os processos terão de ser outros. Senão, festarolas de São João aos modos de 2014, de resto como já aconteceu em 2012, vão-se repetir cada vez mais.

Daí que haja que repensar e encontrar novos procedimentos.

 

Nuno Espinal


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Junho 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
14

17
20

25
27

29


pesquisar neste blog