publicado por Miradouro de Vila Cova | Sábado, 31 Maio , 2014, 10:19

O caso de alegado abuso sexual ocorrido em Vila Cova, no seio de uma família desestruturada, e que envolveu um indivíduo de 55 anos e sua sobrinha de 13 anos, desde há algum tempo era comentado pela população de Vila Cova com grande indignação, perante suspeitas que de dia para dia se avolumavam, na sequência até de relatos e situações que envolviam a outra menor de 8 anos, irmã da abusada, que chegou a pedir apoio alimentar e guarida a residentes.

 

Realce-se que parece ter sido da denúncia de pessoas da população que a Polícia Judiciária de Coimbra agiu com grande prontidão, detendo o presumível violador, que se encontra de momento sujeito à pena de prisão preventiva.

 

Entretanto, a Técnica da Ação Social da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Vila Cova de Alva já há tempo vinha denunciando o desenvolvimento deste caso, junto de organismos a que se subordina na sua área de intervenção, nomeadamente a CPCJ (Comissão de Proteção de Crianças e Jovens),  instituição oficial que visa proteger e promover os direitos da criança e do jovem.

Esta instituição intervém no sentido da promoção dos direitos da proteção da criança e do jovem quando estão em risco ou perigo a sua segurança, saúde, formação, educação ou desenvolvimento integral, concretamente em casos de abandono, maus tratos físicos e/ ou psíquicos, abuso sexual, trabalho infantil, comportamentos/ atividades/ consumos que prejudiquem a criança ou jovem.  

 

Foi através desta instituição que a menor de 13 anos, alegadamente vítima de abuso sexual, foi acolhida numa instituição de apoio a menores, localizada nas proximidades de Coimbra.

 

A sua irmã, de 8 anos, também já não se encontra em Vila Cova já que foi acolhida por uma familiar residente no concelho de Pombal.

Por ironia do destino comemora-se amanhã o Dia Mundial da Criança.

 

Nuno Espinal


Anónimo a 31 de Maio de 2014 às 13:11
E com muita tristeza minha qe leio estás notícias :( era matar os dois mãe e tio :( como pode haver pessoas assim, como e qe uma mãe consegue admitir isto na sua própria casa e com a sua própria filha? Vem ela smp fez tudo para ficar sem os filhos. O mais velho foi criado pelo pai, a seguir e uma rapariga qe foi crescendo em familias de acolhimento e instituição, mas qe agora esta bem na vida, depois tem outra com uma tia, e por fim esta noticia triste. Uma mãe assim não tem perdão. :( :(

micaela a 6 de Fevereiro de 2015 às 11:20
eu nao atemito que digam essas coissas da minha mae porque eu e a minha irma fomos tiradas da minha mae porque ele teve que fazer um tratamento
assinado micaela pais das neves e matilde
Finhas da esmeralda e do fernando

micaela a 16 de Fevereiro de 2016 às 13:36
eu espero nao dizerem isso da minha mae porque se descopu quem voi esta tramado com os filhos micaela neves matilde neves patriçia moura tiago pais telma pais espero bem que vique bem seemte na vosas cabecas eu quero descobrir que e que dese isso porque eu micaela neves e os meus irmao gostamos muito da nossa mae espero que vique sente muito mesmo

rui a 6 de Fevereiro de 2015 às 16:42
os que andoão a armaren se em super herois ainda podem perderem os dentinhos todos porque as pessoas nãõ tem direi to a fazerem trossa das outras pessoas poque as outras pessoas nao tem culpa de que as autra fazem+

comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Maio 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9

14
15

24

27


pesquisar neste blog