publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 01 Janeiro , 2014, 19:48

 

 

Estalejaram foguetes, ouviram-se doze disparos de arma de caça, alguém fez banzé com latas, zoaram chocalhos…e pronto! Na rua foram estas as ocorrências que marcaram a passagem do ano em Vila Cova.

Claro, dentro das casas a “minha gente” também confraternizava. Mas, aí, não é preciso ser bruxo para adivinhar que as manifestações eram essencialmente pantagruélicas.

A noite, naturalmente fria, foi forjada por algum nevoeiro. Não dos mais cerrados, mas o suficiente para cercar Vila Cova de uma cortina a impedir o estender da visão. E olhando a bruma, alguém comentava:

-Pode ser um bom prenúncio! Quem sabe? Talvez em 2014 nos surja um “desejado”!

E mais não disse. Em noite de festa este anseio sebástico poderia gerar conflitualidades.

 

Nuno Espinal


De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Janeiro 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9

15

24

30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds