publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 16 Julho , 2007, 00:55
Em 1943, através da “Gráfica Moderna de Arganil”, era dada à estampa uma pequena publicação de nome”História Breve da Filarmónica de Vila Cova do Alva”.
Desde então, ao que sei, nunca mais houve qualquer outra publicação, mesmo a mero título de folheto ou brochura, sobre a História da Filarmónica.
É verdade que, durante toda a vida da Filarmónica, que com mais uma dezena de anos fará um século de existência, os jornais concelhios e o saudoso Ecos do Alva foram dando notícias ligadas a acontecimentos que a envolviam. Mas, o avulso destes registos não enforma a ordenação, como é óbvio, necessária para a percepção “fílmica” do caminhar cronológico e sistematização histórica da Filarmónica.
Por outro lado, outros documentos escritos são possíveis de recuperação, desde que o tempo da sua recolha não se estenda, e que serão de grande importância no registo da memória da Flor do Alva.
Ora, com esta consciência, a Drª Palmira Morais lançou a ideia de se partir, sem tardanças, para a elaboração da História da Filarmónica Flor do Alva, desde a sua fundação até aos dias de hoje.
Para tal empresa fez-me o convite de a acompanhar, convite que de algum modo podia recusar, tanto mais que, há uns dois ou três anos, tinha apresentado a mesma proposta a dirigentes, à altura, da Flor do Alva, sem que até hoje qualquer resposta me tivesse sido dada.
Para o projecto se concretizar outros serão os envolvidos. E aos que guardam na memória registos da vida da Filarmónica será dada atenção de relevo.
É que sem memória o passado perde-se. Sem memória a História nunca se fará. Vamos apelar à memória e fazer a História dos quase cem anos da Flor do Alva
 
 
 
Nuno Espinal   

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Julho 2007
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13


24
26
28



pesquisar neste blog
 
subscrever feeds