publicado por Miradouro de Vila Cova | Sábado, 30 Junho , 2012, 10:51

 

 

-A questão que parece presidir na tomada de posição sobre a opção mais valorativa nas obras de requalificação da “escadaria da igreja do convento” é o respeito que nos poderá merecer a intensão original sobre o material utilizado na construção daquela escadaria.

Mas, mesmo que seja afiançado e provado que originalmente estava prevista a construção da escadaria da igreja com muros revestidos a argamassa e pintados de branco, este argumento não subleva, em meu entender, o que sustenta a manutenção da escadaria com o seu visual em pedra de xisto:

--A construção da escadaria é de 1870 e não está direta e, muito menos, temporalmente associada à construção da Igreja, sendo a construção desta muito anterior àquela data.

- Daí que o argumento de que as construções de templos religiosos datados àquele período seguissem o princípio da utilização de materiais que, a final, eram pintados de branco, parece destituído de assentimento, face à diferenciação temporal referida e na ausência de ligação imediata e direta entre construção da igreja e construção da escadaria.

-De facto, a construção da escadaria é obra do povo, especificamente da Irmandade da Santa Casa, com o intuito de permitir a acessibilidade à igreja por parte da população de Vila Cova;

-Mesmo que se admita que originalmente houvesse a intensão ou mesmo que se tivesse verificado na finalização da obra a utilização de material como argamassa em sobreposição à pedra de xisto e a pintura a branco, como resultado final, o certo é que a principal e relevante caracterização da obra não deixaria sempre de ser a pedra de xisto.

-De resto, era na escadaria da igreja do convento que residia a principal e quase única prova visível a olho nu da razão de Vila Cova de Alva estar integrada na “rede de aldeias do xisto”.

-É o escondimento desta caracterização que se critica e condena, até porque desnecessária e sem motivos de mais-valia no seu resultado final.

-Por outro lado, esteticamente, perde-se um valor que era motivo de elevação de Vila Cova, admiração dos seus visitantes e orgulho dos Vilacovenses.  

-E agora? Sobre a defesa da visualização do xisto na “escadaria da igreja do convento” o que há a fazer? Latinizando a resposta só me surge esta corrente expressão: aeternum vale, ou seja, adeus para sempre…

 

Nuno Espinal

Foto: de uma coleção de 1932


Antero Madeira a 30 de Junho de 2012 às 14:37
"Num dos post's sobre o assunto coloquei o seguinte comentário: Quantos são os Vilacovenses , ou não, dos vários escalões etários, que comprovam que sempre conheceram os muros assim??? Parece-me uma questão a ter em conta."
Tenho quase a certeza que nem a D. Albertina, que neste momento terá 90 anos e creio ser a pessoa mais idosa de Vila Cova, se lembrará dos muros rebocados. Para mim, é mais importante a memória mais recente de todos nós. A acrescer a tudo isto, o facto de Vila Cova de Alva ser uma "ALDEIA DO XISTO". Qualquer dia, os principais ícones que contribuíram para essa classificação, terão desaparecido na sua totalidade. Nessa altura, Vila Cova passará a integrar uma rede de "ALDEIAS QUE FORAM DO XISTO"... para mal dos nossos pecados... e dos dela!...
‎...só mais uma achega... se o mais importante for manter a memória remota, então voltem a por as ruas de Vila Cova como eram no tempo dos muros de xisto rebocado... assim sim, devolveriam a Vila Cova toda a sua autenticidade e originalidade...
+... reponha-se a traça original da torre da Igreja, faça-se ressurgir a Capela de São Sebastião, remova-se o alcatrão da rua da Ribeira, retire-se o xisto da Fonte dos Passarinhos, faça-se implodir os W.C. públicos nos Loureiros e a mini hidrica nas Corujas... etc , etc , etc ,...

comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Junho 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

16


24
27
29


pesquisar neste blog