publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 28 Maio , 2012, 12:36

 

 

 

Grande tarde de domingo da “Mostra”, com a “Praça” cheia de povo e as atuações a sucederem-se sem quebras e com manifesto agrado dos espetadores. Mesmo o Jazz, um tipo de música estranha para os hábitos de ouvidos afeitos à música popular e pouco ou nada habituados à audição de tipos musicais na sua configuração urbanos, foi apreciado com o maior respeito, face à mestria e sensibilidade do norueguês Ingebright Haker-Flaten, instrumentista de contrabaixo, com grande reputação internacional.

Recorde-se que a presença do Jazz na “Mostra” se deveu à ADXTUR, no âmbito da Rede das Aldeias do Xisto e, em rescaldo final, pode considerar-se que foi uma aposta ganha, atendendo até à atenção que despertou em muitos jovens, que seguiram com toda a concentração a atuação de Ingebright Haker-Flaten, seduzidos pelas suas mestria e sensibilidade musical.

Entretanto, terminada a atuação do jazzista norueguês, tornou a “Mostra” à sua naturalidade, com a atuação da “Tuna de Cantares de Mouronho”, que trouxe ao recinto melodias conhecidas e muito populares, que foram cantaroladas por muitos dos presentes. Curiosa a homenagem deste grupo à ”Briosa”, na sequência da sua última vitória na Taça de Portugal e porque se trata afinal da equipa principal do nosso distrito, conforme as palavras de um diretor da Tuna.

Seguiu-se o “Rancho Folclórico Malmequeres da Cerdeira”, com uma atuação de encher o olho a dignificar, e de que maneira, a terra que representa.

Finalmente, e a fechar esta “Mostra” com chave de ouro, “a fantástica Filarmónica Flor do Alva”, tal qual as palavras da Presidente da Freguesia, Dr.ª Cidalina Lourenço. Uma atuação em grande nível e muito trabalho qualitativo por parte do Maestro, com a apresentação da Escola de Música. Parabéns. A este assunto havemos de regressar, nas páginas do “Miradouro”. Quanto à atuação da Filarmónica, os vilacovenses tiveram uma prova, se dúvidas houvesse, de que dela se podem continuar a orgulhar. Em grande nível, a “Filarmónica” suplantou todas as expetativas.

E pronto! Com a  Flor do Alva terminou esta “Mostra”. A Terceira “Mostra”, talvez de todas a melhor. Os vilacovenses saíram satisfeitos do recinto da Praça. Os vilacovemses e as centenas de visitantes que este fim de semana rumaram até Vila Cova saíram e deram por bem aproveitado o tempo que lhes ocupou a “Mostra”. E quando assim é só temos todos de nos sentir orgulhosos. Parabéns à Presidente da Junta, ao Secretário, Sr. António Tavares e a todas as Instituições da Freguesia que colaboraram e trabalharam pela “III Mostra”.

 

Nuno Espinal

 

 

 


De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Maio 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12


20
25



pesquisar neste blog
 
subscrever feeds