publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 25 Dezembro , 2011, 18:45

 

Os tempos mudam e, quase sem darmos por isso, muda muito do ambiente que vai caracterizando os tempos. Dos natais da minha infância, do que tinham de marcante, pouco já resta, neste ano de 2011, nesta nossa Vila Cova. Para aquém das portas de cada casa, sobrevive a consoada, o espírito de família, o presépio… Cá fora, tudo está diferente. Qual Missa do Galo, qual Procissão de Oferendas? E o cepo a arder na Praça? Este ano nem isso…

 

Novidades, recordando os natais de outrora, são as luzinhas a piscar, o cântico de Natal que sai da torre da Matriz a cada hora e meia hora.

 

Ah! Nesta Missa de Domingo ainda se beijou o Menino.

 

“Alegrem-se os céus e a terra
Cantemos com alegria

Já nasceu o Deus Menino

Filho da Virgem Maria”

 

 Tão simples e tão lindo…

 

 

Nuno Espinal

 

 


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Dezembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9

16

18

27


pesquisar neste blog