publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 20 Outubro , 2011, 11:39

Os dias continuam soalheiros mas o frio já se faz sentir nas manhãs e noites deste outubro que finalmente começa a desvendar algum do seu semblante de outono.

O próprio amarelado das folhas bem nos contraria a já parca ilusão de um verão que, a espaços, parece teimar em perdurar, nestas tardes em que o sol, quando no seu pino, ainda nos abrasa.

E neste balanço entre um verão que desfalece e um outono ainda não muito afirmado, rendo-me extasiado à beleza que o nosso vale do alva nunca nos recusa, faça chuva ou faça sol.  

Ainda ontem, ao entardecer, ali estive rendido, unido à natureza, na ponte que une Barril e Vila Cova.

 

Nuno Espinal

 

Sorte nossa, que  temos um paraíso à distância do olhar...

(Carlos Ramos)


Carlos Ramos a 20 de Outubro de 2011 às 12:24
Sorte nossa, que temos um paraíso à distância do olhar...

Anónimo a 23 de Outubro de 2011 às 12:46



Stunning photo - nice time of the year.

comentários recentes
As nossas condolências para a família toda.Frenk e...
" Ser Poeta ė ser mais alto...(Florbela Espanca)Qu...
Caro Nuno: Gostei muito. Aliás não esperava outra ...
Demasiado jovem para partir.Que descanse em paz.
Sentidos pêsames a toda a família. Muita força e c...
Boa tarde. Qual é o valor em ml de 2/5 de azeite?
Muito bem! Gostei. Contudo falta referir muitos pe...
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
Outubro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9

18
22

25
29



pesquisar neste blog