publicado por Miradouro de Vila Cova | Sábado, 30 Julho , 2011, 10:24

 

Os vilacovenses já se habituaram. Todos os anos, na época de Verão, em espaço da “Várzea da Vila”, propriedade da casa do Convento, junto ao rio, grupos de escuteiros (e não só), acampam e tiram ganho do ambiente idílico do local, suavizado, neste período de canícula, pela brisa e fresquidão das águas do Alva.

Mas, estes grupos de escuteiros não se quedam ensimesmados durante os dias em que ali permanecem. Antes pelo contrário. Interagem em acções concertadas com a população, com actividades sociais e lúdicas.

Assim foi vê-los, um dia destes, a varrer ruas, a colaborar em actividades domésticas no Centro de Dia, em trabalhos do campo e da agricultura e, como o que aconteceu ontem à noite, em momentos de diversão, com breves trechos de teatro/comédia e música.

Os que cá estão neste momento pertencem à “Associação de Campos de Férias GBZ” (gambozinos), que integra bairros sociais de três núcleos: Braga, Peniche e Pragal. Conta, este grupo, que vem acompanhado pelo padre Abel, com trinta e oito participantes e dezasseis animadores, jovens pertencentes a bairros sociais e a um extrato da classe média alta.

Pois, Sr. Padre Abel e malta do “GBZ”. Votos de boa curtição. E voltem sempre.

 

Texto: Nuno Espinal

Foto: Manuela Antunes

 


comentários recentes
Mais um homem bom que nos deixa. Há tempo que não ...
A perda de um amigo e a amigo da minha família, de...
Publiquei um comentário sobre o meu tio Zé, não ch...
Tio Zé Torda , descanse em paz e que DEUS o pon...
Tio Zé Torda, descanse em paz e que Deus o ponh...
Caro Dr. NunoFoi sem dúvida uma tarde e uma noite...
Sinceros sentimentos pelo falecimento do Tó Man...
Não foi de Covid
DISTÂNCIA/SEPARATISMO DOS PARASITAS-HORRORIZADOS c...
Foi de Covid-19?
Julho 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

15

22

27
29

31


pesquisar neste blog