publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 26 Julho , 2011, 17:48

 

É em especial no Verão que os músicos das Filarmónicas se metem à estrada e, por vezes, em prestações de grande sacrifício, se expõem a calores abrasadores, suportados pela sua dedicação à causa da música e das instituições que representam. Ademais, as participações em festas são um recurso que não podem desprezar, face às exíguas condições económicas que têm de vencer, perante despesas correntes e extraordinárias que atormentam, em especial, os seus dirigentes, sempre preocupados com os processos de as superar.

Basta acompanhá-los uma ou outra vez nas deslocações que têm calendarizadas para compreender quanto de esforço e sacrifício todos têm de suportar.

Daí a nossa palavra que lhes devemos de respeito, admiração e agradecimento. Bem Hajam.

 

Nuno Espinal

 

Nota: A Flor do Alva vai participar, no próximo dia 30, nos festejos da localidade de Dreia. (Um obrigado ao Fábio Leitão pela informação prestada)


comentários recentes
Mais um homem bom que nos deixa. Há tempo que não ...
A perda de um amigo e a amigo da minha família, de...
Publiquei um comentário sobre o meu tio Zé, não ch...
Tio Zé Torda , descanse em paz e que DEUS o pon...
Tio Zé Torda, descanse em paz e que Deus o ponh...
Caro Dr. NunoFoi sem dúvida uma tarde e uma noite...
Sinceros sentimentos pelo falecimento do Tó Man...
Não foi de Covid
DISTÂNCIA/SEPARATISMO DOS PARASITAS-HORRORIZADOS c...
Foi de Covid-19?
Julho 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

15

22

27
29

31


pesquisar neste blog