publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 17 Julho , 2011, 07:35

 

É sina das instituições culturais viverem em permanente situação de dificuldades financeiras. A “Flor do Alva” não foge à regra e vê-se, neste âmbito, a toda a hora confrontada com dificuldades, só superadas pela mestria de exercícios de poupança de quem a rege e pelo recurso a expedientes, que lhe têm permitido ultrapassar os vários obstáculos e necessidades que lhe vão surgindo.

A compra de instrumental, por desgaste do existente ou porque novas exigências o reclamam para a sua afirmação artística, é sempre um rombo na sua economia, dado o preço a que qualquer instrumento se adquire no mercado.

Ora a Flor do Alva necessita com a maior urgência de adquirir uma “tuba”. Um instrumento dos mais caros, mas imprescindível para o todo harmónico e qualidade artística a que já nos habituou nestes últimos anos.

Para esta aquisição, a Direcção da Flor do Alva vê-se forçada a lançar uma campanha de angariação de fundos, que oportunamente será, com melhor explicitação, divulgada.

Vamos pois ajudar a nossa Flor do Alva. Vamos provar o orgulho e muita estima que todos lhe devotamos.

 

Nuno Espinal

 

 


De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Julho 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

15

22

27
29

31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds