publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 26 Junho , 2011, 19:48

 

A festa, hoje, por volta das cinco da tarde,  até começou bem. O apresentador do grupo de concertinas, bem humorado, transmitia vivacidade e o concerto era do agrado do bastante público presente, mau grado o calor que se fazia sentir.

Só que, de repente, eram umas seis e meia, aconteceu o inesperado. Um trovão avisador e uma chuva de pedra que mais parecia de calhaus e um vento de rajadas a arrastar toldos, folhas, e tudo o que pudesse voar.  Claro, no meio de tudo isto um grande susto para toda a gente. “Isto foi um mini tornado”, ouvia-se de alguém. Pese o exagero, é um facto que este vendaval de cerca de cinco minutos foi arrasador. “Coisa como esta nunca vi na vida”, diziam os mais velhos.

Há estragos consideráveis na agricultura, com couves, alfaces, feijão, videiras destruídas e árvores partidas.

Um S. João Batista a ser para sempre recordado.

 

Nuno Espinal

 

 


De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Junho 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

17


29


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds