publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 26 Abril , 2011, 10:52

 

Vinda do Adro em arruada, após as cerimónias religiosas da manhã de Domingo de Páscoa, a Flor do Alva, um tanto imprevistamente, estancou a saída da Praça, junto às escadinhas, não interrompendo, contudo, o toque da sua peça musical. Mas, logo se compreendeu o motivo. É que em cima, no muro da estrada, estava o Sr. António Fernandes, antigo músico, maestro e dirigente da Flor do Alva. Foi-lhe assim prestado um cumprimento, uma homenagem. Um momento que se aplaude pelo reconhecimento e gratidão prestados.

Cumprido o gesto, a Flor do Alva continuou a sua marcha na sua tão conhecida quadri-formação. À frente o porta bandeira, depois maestro e dirigentes, a seguir os músicos e por fim o povo.

Nesta sucessão de imagens quantas as imagens a representarem a perpetuação de uma identidade cultural, identidade a transportar do passado memórias de momentos e de todos aqueles a que nós, no presente, tanto devemos.

 

Nuno Espinal     

 

 

 


De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Abril 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

16


25


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds