publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 13 Abril , 2011, 20:35

 

Há dias, amargurado com certos acontecimentos, dispus-me a uma total rutura com compromissos solidário/institucionais, que tenho assumidos voluntariamente. Desabafei, queixei-me de incompreensões e contrariedades, escrevi mesmo uma carta de pedido de demissão.

Nesse mesmo dia, uma senhora idosa, das que se socorrem quotidianamente do Centro de Dia, com lágrimas nos olhos, abordou-me: “Ouvi dizer que se vai embora? Por favor não faça isso! Fique! Precisamos de si e dos outros.”

Senti um valente baque, retrocedi, rasguei a tal carta e decidi: Vou continuar.

Mas atenção: A senhora que me pediu para ficar e todos os que da Santa Casa se servem, porque ali vão buscar auxílio que, de resto, lhes é devido e merecido, podem-me pedir tudo. Por eles tudo, dentro dos meus limites, farei.

Mas, outras pessoas há que, da Santa Casa, colhem, justamente, os seus empregos e auferem, com toda a legitimidade, as suas remunerações salariais.

A essas pessoas devo-lhes, como pessoa e dirigente (tal como outros) o maior respeito. Como elas me devem (tal como a outros) o mesmo respeito. Mas há uma diferença. Estou ali (tal como outros) voluntariamente.

 O que deve significar que o meu estar (tal como o de outros) parte de uma atitude objetivamente comunitarista, o que é diferente de uma atitude objetivamente (ainda que sem mácula e totalmente respeitável) individualista.  

Ah! Uma nota final em conclusão: Assumo-me como dirigente, recuso-me como chefe! Prorrogativas do tal voluntariado…

 

Nuno Espinal


Anónimo a 14 de Abril de 2011 às 16:29
Dr. Nuno,

Sabe bem que Vila Cova é assim, por vezes desmoralizamos, uns dias são melhores bque os outros, mas o nosso trabalho com os queridos enchem-nos de alegria e vontade de continuar.
Vila Cova continua no meu coração.

muitas saudades,

beijos

carla marques

Anónimo a 15 de Abril de 2011 às 18:40
Nuno
Vertiical como sempre !
Não desista. Dormirá sempre melhor, pensando no "serviço" que presta em prol dos que pouco ou nada têm
Por outro aqueles que do alto da sua soberba, egoísmo, oportunismo "servem ou serviram, para SE SERVIR ", talvez um dia tenha vergonha.
abraço
FF

comentários recentes
Muito bem! Gostei. Contudo falta referir muitos pe...
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
Abril 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

16


25


pesquisar neste blog