publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 22 Setembro , 2010, 19:51

O Poder Local, tal como vigora em Portugal, integra-se na lógica da Democracia Representativa, da qual sou defensor. Sou-o na inexequibilidade e impraticabilidade de outro “modus operandi” que supere, a meu ver, qualitativamente o que é a prática da democracia representativa.

Claro que na democracia representativa a acção do cidadão quase se esgota no exercício do seu direito ao voto. Outras alternativas, contudo, já experienciadas, não provaram bons resultados, estando aquém dos da democracia representativa.

Não deixa, todavia, de ser ponto incontornável, que aos cidadãos seja concedido o direito de participar em processos de tomada de decisões, para além da sua mera participação eleitoral, quanto a actos que não perturbem (e até tendam a aperfeiçoar) o normal funcionamento da vida política e institucional do país e através de mecanismos legalmente instituídos.

E é aqui que retorno ao chamado “Poder Local”. A actual estruturação autárquica, em comunidades de pequena dimensão, é a que melhor se adequa, no interesse e benefício das populações?

Não estou em crer, considerando a actual lógica de representação partidária. E digo até mais. O velho “regionalismo”, então congregante de vontades e entregas colectivas, tinha muitas virtudes, hoje quase perdidas.

 

Nuno Espinal


João Silva a 23 de Setembro de 2010 às 22:54
Boa noite Dr. Nuno.
Comungo inteiramente da sua opinião.
É nos meios pequenos que a democracia representetiva se aplicaria na plenitude, porém não é isso que se assiste, basta ver o número de cidadãos presentes nas reuniões de Assembleia de Freguesia.
O cidadão eleitor esgota o seu direito á democracia no seu dever de votar e a partir de aí, quem ganhou que faça o que entender não cuidando se o seu voto está a ser bem gerido ou se quem ganhou está a cumprir as regras do jogo.
João Silva

comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Setembro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9

14
18

23
25

27


pesquisar neste blog