publicado por Miradouro de Vila Cova | Sábado, 11 Setembro , 2010, 18:51

Não vamos aqui discutir questões técnicas relacionadas com a sujidade que parece ter entrado, na sequência das chuvadas de há dias, nos tanques do posto de abastecimento de água, localizado em Vila Cova, e que levou a que as torneiras jorrassem um líquido castanho e mal cheiroso.

O que questionamos é a falta de avisos e informação que, em tempo oportuno, as populações afectadas mereciam ter recebido, inibindo-as do consumo de água, pelo menos a ingerida no organismo.

Nada. Nem um comunicado que fosse de aconselhamento aos procedimentos que deveriam ter sido adoptados pelos consumidores, informando-os das melhores alternativas, inclusivamente fontanários em condições de água potável.

A má qualidade da água que durante alguns dias foi recebida na casa de cada um levou a que houvesse quem, dos que se mantiveram a bebê-la e utilizá-la nos cozinhados, contraísse problemas de saúde, principalmente com distúrbios intestinais.

Passados já alguns dias (doze), desde que esta situação teve início, só agora é emitido um comunicado da Câmara a aconselhar a não utilização da água “para consumo humano (beber)”.

Muito tardio este comunicado.

 

Nuno Espinal

 


De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Setembro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9

14
18

23
25

27


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds