publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 26 Maio , 2010, 01:23

Ora aí o temos de novo, o Toneca. Retomou-lhe o gosto e daqui para a frente Vila Cova será sempre um dos dois portos da sua navegação presente e futura. Em Lisboa terá sempre os afectos da neta e família. Entretanto, nos seus rumos a Vila Cova, atracará sempre em porto seguro e encontrará os afectos dos amigos, das memórias e do berço que lhe deu vida.  

Em nome de muitos, com um abraço para ti, Toneca,

Nuno Espinal

tags:

Joaquim Espiñal a 26 de Maio de 2010 às 19:15
Pois. Os velhos companheiros dessas jornadas gloriosas da "malta" dos anos 60 e 70. Os mais novos gostarão de ver e rever os seus amigos do presente. A "malta" mata saudades com a evocação dos velhos amigos que encheram os verões de outrora em Vila Cova. Em jeito de homenagem direi,
"Ah se o velho Alva ouvisse
O que rimos nesses anos,
Ais de amor, sonhos, enganos,
Talvez a rir se partisse...

Tivesse olhos e olhasse
Os espectros que hoje somos
Tão mudados do que fomos,
Talvez a pedra chorasse!"
Aqui vai um grande abraço para toda essa rapaziada e, hoje em particular, para o Toneca.
A gente vê-se em Junho.
Quim Espiñal

comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Maio 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9

16

29



pesquisar neste blog