publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 07 Maio , 2010, 10:53

 

A friagem da noite era pouco conselheira à saída nocturna. Daí que o Pavilhão da Feira do Livro em Arganil estivesse parco em gente, até porque o número de títulos expostos, bem reduzido e sem grandes novidades, nem sequer se tornava grande chamariz à visita.  

Ao que pude saber, muito menos livreiros este ano, o que é sintomático da crise que atravessamos.   

Mas dos visitantes que ontem vieram (vereador Dr. António Cardoso presente) aguentaram uma meia hora mais e, por amor à arte da música, puderam assistir ao mini concerto do “Quinteto de Metais” da nossa Flor do Alva, que deixou bem registado o que de bom se faz em termos de formação e divulgação musicais por parte da nossa filarmónica.

Um bravo aos jovens que compõem o “quinteto” e um bisado bravo ao “Maestro António Simões”, o grande obreiro desta revolução que tem ocorrido na Flor do Alva.    

 

Nuno Espinal

 


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Maio 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9

16

29



pesquisar neste blog