publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 26 Fevereiro , 2010, 02:03

O Alva tem engordado com a persistência das fortes chuvadas que vão caindo. Corre expedito e de águas acastanhadas mas ainda sem a corpulência, por vezes devastadora, quando em regime de cheia.

“Já não falta assim tanto!”, dizem convictos os que pela experiência muito saber foram ganhando. “Mais umas chuvadas!…”

Chuvadas que os meteorologistas têm anunciadas. Vamos aguardar.

 

Nuno Espinal

 


João Silva a 28 de Fevereiro de 2010 às 15:11
O Alva vai cheio!
Tão cheio que galgou as margens,subiu a colina que separa Vila Cova de Vinhó inundando as estradas que servem os moradores das quintas que por aqui há.De tal maneira que um 4x4 terá muita dificuldade em passar porque o rio,esse maroto, fez das valetas estradas e das estradas o seu leito.
então não é que esse malandro se aprás em destruir todo o "bom" trabalho que os dirigentes que lideram a nossa Freguesia fazem,atulhando valetas com terra ,pedras e paus e, lavrando completamente os caminhos.
Não conheço este Alva Dr.
Não está calmo, nem corre de mansinho.
João Silva

comentários recentes
Publiquei um comentário sobre o meu tio Zé, não ch...
Tio Zé Torda , descanse em paz e que DEUS o pon...
Tio Zé Torda, descanse em paz e que Deus o ponh...
Caro Dr. NunoFoi sem dúvida uma tarde e uma noite...
Sinceros sentimentos pelo falecimento do Tó Man...
Não foi de Covid
DISTÂNCIA/SEPARATISMO DOS PARASITAS-HORRORIZADOS c...
Foi de Covid-19?
Caro Sr. Avelar: obrigado pelo seu comentário. Apr...
As nossas condolências para a família toda.Frenk e...
Fevereiro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9

15

24
27



pesquisar neste blog