publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 23 Fevereiro , 2010, 10:05

É cada escanovada!

 

Com esta expressão, o ancião caracteriza as fortes chuvadas que têm caído desde ontem. A seu lado alguém comenta:

 

Gaita! Já chega de tanta água! É demais! Este tempo acabrunha a pessoa!

 

Agastado, de imediato o ancião returque:

 

Oh menina! Isso até soa a blasfémia! Não vês o que aconteceu na Madeira?

 

E ali nos ficámos todos, um silêncio pesado, um baque na consciência.

 

 

Nuno Espinal

 

 

 


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Fevereiro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9

15

24
27



pesquisar neste blog