publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 02 Fevereiro , 2010, 19:31

Sempre me fascinaram fotografias antigas. Há nelas mística, talvez fruto de todo o imaginário que envolvem, das viagens no tempo a que levam.

Mas, à parte este envolvimento, por vezes, quase sublime e poético, estas imagens antigas são, quantas vezes, bem mais prosaicas pela informação que prestam.

Não sei a data exacta desta foto. Mas, de acordo com a convicção de quem é seu dono, é garantido que não terá menos de oitenta anos. O que nela releva é o número de irmãos que naquela altura incorporavam a Irmandade. Presume-se que esta procissão integrava as comemorações da Festa da Senhora da Natividade a 8 de Setembro. Hoje, nesta procissão, o número de irmãos, já com mulheres incluídas, não é superior a vinte. Naquele tempo, só com homens, era superior a cinquenta.

Não houve quebra de fervor religioso. A razão é outra. A diminuição, acentuada a partir dos anos oitenta, do agregado populacional de Vila Cova.

 

Nuno Espinal           

 


jose alves a 7 de Fevereiro de 2010 às 19:35
Onde estão os beatles dos anos 60?
Oh Nuno, devias pôr as duas fotos em contraste, para que todos saibam quem já fomos.
Um grande abraço, tive pena de não partilhar o vosso encontro

comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Fevereiro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9

15

24
27



pesquisar neste blog