publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 29 Dezembro , 2009, 10:22

 

Há dias publicámos um texto sobre o “Cepo na Praça”, o qual referia as seguintes palavras ditas pelo Sr. Benjamim:

“Sabe? Aqui há uns anos, depois da missa do galo isto era uma festa. A mim calhou-me um ano ir com outros à hortaliça. E lá fui para a Datão, surripiámos umas couves e repolhos, enchemos três sacas. O Dr. Júlio dava o bacalhau, o Toneca do Sr. Gouveia aparecia com uns garrafões de vinho, havia quem desse as batatas, quem desse o azeite, não faltava nada. Cozinhava-se em panelas de ferro, que se punham ao lume do cepo e depois comia-se e bebia-se junto ao cruzeiro. Era uma paródia, até às tantas.”

Dessas “paródias” temos fotografias, que nos foram cedidas pelo Sr. António Paiva, fotos com cerca de 18 anos, ainda que não tenham sido captadas na noite da consoada, mas sim um ou dois dias após o dia de natal. Publicamos duas que atestam a forma divertida e confraternizada como as pessoas conviviam. As fotos são curiosas até porque evidenciam bem as diferenças físicas que nesta quase vintena de anos ocorrem em qualquer um de nós. Outras iremos, na oportunidade, publicar. E quase que aposto que suscitam nos vários protagonistas, este tão constante comentário: “Quem me dera nesses tempos!…”

 

Nuno Espinal

 


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Dezembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9

16
19




pesquisar neste blog