publicado por Miradouro de Vila Cova | Sábado, 28 Novembro , 2009, 17:15

 

Enoja-me aquela gentalha que renega as suas origens humildes.

Ainda há dias conheci alguém, nascida em terriola bem perto da nossa, que renegava pais e avós, omitindo sobre eles aquilo que mais os poderia elevar - a nobreza de carácter, tentando fazê-los passar por gente de posses e senhorial.

A propósito e em contraste, aqui vai uma história sobre Amália Rodrigues:

 Um dia, já Amália era uma grande senhora neste mundo, alguém, durante um espectáculo a tenta confrontar, malevolamente, com esta.

“Ó Amália já te esqueceste quando vendias laranjas na Praça!...”

Ao que Amália logo lhe returque:

“Não amigo, está enganado! Não eram laranjas…eram limões.

 

Nuno Espinal

 


Joaquim Espiñal a 28 de Novembro de 2009 às 22:32
A propósito das origens e de quem as renega ou se quer fazer passar por mais do que aquilo que é, vem-me à lembrança aquela história que se conta duma emigrante que, depois de alguns anos na França, vem a Portugal passar férias na terra que lhe serviu de berço e, dando uns ares que não lhe pertenciam, indagou em francês, junto de uma amiga de infância, fingindo não a reconhecer, determinado objecto. A amiga vendo os ares afectados da sua interlocutora, virou-se para uma vizinha e, num português vernáculo, atirou: Ó Amélia, vem cá ver o que esta "puta" quer que eu não a percebo
É claro que a falsa francesa meteu o rabinho entre as pernas e demandou outros paragens não fosse o diabo tecê-las anda mais...
Abraços
Quim Espiñal

Dr.Guilherme a 30 de Novembro de 2009 às 00:11
Por falar em arvores vem a propósito referir a cena dantesca em que se encontra o rio Alva junto a ponte, desde de já peço desculpa ao Sr. Dr. Nuno Espinal que com toda a certeza ainda não referiu o facto por dele não ser conhecedor.
Se me permite gostava de pedir a Sra. Dra. Presidente da Junta de Freguesia de Vila Cova do Alva se podia mandar ou pedir a quem mande, alguém limpar as arvores caídas no rio junto a ponte de “Vila Cova” sim,sim,sim!! Ponte de “Vila Cova” pois em tempos alguém mandou colocar sobre a ponte exactamente a meio uma placa a reivindicar metade da ponte como propriedade de Vila Cova do Alva. Assim sendo, como a ponte seja lá de quem for, faz falta, muito mais falta é a população de Vila Cova pedia-lhe Dra. que tomasse as providências que pudesse para evitar o que pode vir a ser uma catástrofe, porque, acredite se o inverno for rigoroso aquelas arvores e o demais lixo que elas vão acumular podem muito bem fazer a ponte ceder.

Cidalina Lourenco a 2 de Dezembro de 2009 às 14:54
Ex.mo Senhor Dr. Guilherme.

Utilizo este meio de comunicação para lhe dar resposta, por dois motivos:
1.Para demostrar que estou atenta (pelo menos tento estar) a todas as reinvindicações do Povo, venham elas por que via de cominicação;
2. Uma vez que foi este o meio por si escolhido para expôr a situação, estou em querer que gostava de obter uma resposta rápida, e de facto, este meio de comunicação é muito adequado para o efeito.

Tomei conhecimento da situação no dia 27 de Novembro, e desloquei-me ao local nesse mesmo dia, para avaliar da gravidade da situação.
No dia 28 de Novembro, no intervalo da Assembleia Municipal entrei em contacto com o Vereador com o pelouro da Protecção Civil, advertindo para a gravidade da situação e solicitei uma indicação das autoridades a contactar para a resolução do problema. Foi-me dito que tratariam de tudo a partir do momento que denunciei a situação.
Tentei hoje contactar novamente o Senhor Vereador para saber em que ponto se encontra a solução do problema, o que ainda não consegui.
Havendo novidades informarei imediatamente.

Grata pela atenção
Cidalina Lourenço.


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Novembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9

18




pesquisar neste blog