publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 25 Setembro , 2009, 10:26

Sou pela máxima expressão possível do Povo em tudo o que forem decisões e realizações colectivas e que com ele, Povo, interfiram e se relacionem. Mas, o funcionamento organizativo e produtivo da Sociedade, por uma questão de elasticidade, impõe a que o Povo se represente e, por consequência, determine os seus representantes. Surgem neste processo as Elites. Elites Sociais, Elites Políticas.

A questão é a divergência que remanesce a toda a hora entre os interesses do Povo, da Colectividade, e os interesses dos que se acomodam no Grupo, lato sensu, das Elites.

Veja-se o caso concreto do Concelho. As Elites (actual Poder e Oposição) a convergirem em aspectos que lhes são essenciais, a constituírem-se em prol da sua Urbe. Tudo ou quase tudo por e para Arganil localidade. Interesses pessoais a sobrelevarem-se.  

As actuais listas candidatas à Assembleia Municipal são elucidativas. Arganil e limítrofes, um ou outro centro mais relevante e o resto é tudo paisagem…

 

Nuno Espinal

 

 


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Setembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9

17

20



pesquisar neste blog