publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 24 Setembro , 2009, 09:52

Chamavam-lhe o Pingalim. O porquê da alcunha nem o sei. Nem tão pouco lhe sei o nome, o verdadeiro. O que sei é que sempre que dele falavam era por Pingalim que o tratavam. E pronto! É assim que para esta historia fica: o Pingalim.

 

Lembro-me muito vagamente do Pingalim. Mas, ainda assim, recordo-lhe bem a figura, a figura grotesca, ampliada por uma gaguez que o caricaturava nas jucosas zombarias. E depois, para mais, aquela dislalia, aquele falar tão burlesco. Cão era ão, casa era asa, coisa era oisa e por aí fora.

 

Partilhava a pobreza, a muita pobreza, com a Rosa, a “Ti” Rosa, companheira de tantos anos e de sempre.

Gostava, e bem, do seu copo, e naqueles tempos, homem que fosse, quem não gostava?

 

Pois um dia o nosso bom Pingalim, em cavaqueira de taberna, já um tanto entornado, tornou-se vulnerável à esparrela da chacota.

 

E já o tempo caminhava com umas boas rodadas de copos de três quando há um que lhe atira:

-“ Oh Pingalim, estás a ficar abrasado. Logo à noite com a Rosa aquilo é que vai ser!…”

E o Pingalim, copo ao alto, logo lhe responde:

-“Isso eria eu. Mas a mi ...a minha Rosa já não tem...a…a… alôr…”

 

Nuno Espinal

 

 


De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Setembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9

17

20



pesquisar neste blog
 
subscrever feeds