publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 07 Setembro , 2009, 10:05

Ouvi-os tocar “Oh malhão, malhão”. Depois arrancaram com um passe doble em direcção ao Chafariz de S. Sebastião. Por ser Domingo, percebi logo que era a Flor do Alva que regressava de uma festa. É sempre assim. Desde que cheguem a boas horas saúdam a terra com a sua música.

Este fim de semana estiveram em S. Miguel, (Sábado) onde colaboraram nos festejos da inauguração de um Lar de Idosos e em Aguincho, onde participaram ontem, Domingo, nas festas locais.

A chegada é sempre igual, surjam a nascente ou poente da estrada. Desfilam, tocam com destino à sua Sede, em Sebastião. Aguarda-os sempre povo que os ovaciona. Um espectáculo repetido do qual nunca perco pitada. Quando em casa, em rápido impulso corro até à varanda de onde os observo. Com a mesma curiosidade como se fosse a primeira vez. Ou, talvez, com a mesma emoção de sempre.

 

Nuno Espinal

Obrigado ao Fábio Leitão pela informação prestada

 

 


comentários recentes
Muito bem! Gostei. Contudo falta referir muitos pe...
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
Setembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9

17

20



pesquisar neste blog