publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 06 Setembro , 2009, 01:21

Poema ao meu Pai--Manuel Carlos "O Renato"

               

FELIZ ANIVERSARIO.

 

Conheci o cheiro dos teus cabelos brancos,

embevecido pela sabedoria,

filha dos longos anos,

gerado pela pureza e pela beleza de cada dia,

de cada ano, que irradia a busca dos nossos planos.

 

Conheci tuas mãos que as minhas afagaram

de forma branda e de avisos serenos,

amenos de felicidade e de compreensão

assim como um poema ou uma canção.

 

Conheci o teu sorriso, o mais puro e verdadeiro,

sem metade, sem sombras, apenas único,

por inteiro, vindo da mente quente de um ser querendo ser assim,

como o último, assim, como o primeiro.

 

Conheci neste pouco tempo o tudo de ti

em todos os momentos vividos e sentidos

na saudade que hoje choro e me faz sentir.

 

Na alegria por ter sido eu e ainda ser teu,

no prazer por ter a minha vida entrelaçada à tua e

na certeza crua de que não sou e não serei mais eu.

 

Muitos Parabéns PAI

Amo-te

 

Manuel Ribeiro e Laurine

 


De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




comentários recentes
Muito bem! Gostei. Contudo falta referir muitos pe...
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
Setembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9

17

20



pesquisar neste blog
 
subscrever feeds