publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 04 Agosto , 2009, 06:15

 

Hoje todas avós, eram jovens debutantes então. Compunham a frente que agrupava a representação do Bairro de São Sebastião, num cortejo onde ainda se incorporavam representações da Praça, do Adro e da Vila.

Eis os seus nomes, desprovidos, na altura, dos respeitosos epítetos que mais tarde viriam a tomar de Senhora Dona ou de Senhora Doutora: Judite, Ercília, Zaida, Lúcia e Dalila.

Como me dizia uma delas “parece mentira, mas já lá vão mais de cinquenta anos…”.

 Vila Cova tinha, ao tempo e relativamente aos dias de hoje, o triplo da população. A receita do cortejo haveria de reverter a favor de melhoramentos na terra. Cada Bairro engalanava um carro de bois e em panos estendidos eram pregadas notas (dinheiro), ofertadas pela população.

Eram tempos, sem dúvida, de grande fervor regionalista. Não que hoje se tenha dissipado, de todo, o que podemos definir de “sentimento vilacovense”. Mas, há que admitir, nada se compara à devoção daqueles tempos.

As espontâneas organizações populares foram substituídas pelo estatuído poder local. O drama, focalizado ao nível da freguesia de pequena dimensão, é a lógica de partidarismo enviesado que acaba por ocorrer. Impera a “fulanização”, quantas vezes oportunista, mentora de divisões da colectividade e envolta em interesses de índole pessoal.

Querem melhor? Ainda faltam mais de dois meses para as “autárquicas” e eis que já se sente um invólucro de crispação.

 

Nuno Espinal

 


De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




comentários recentes
Muito bem! Gostei. Contudo falta referir muitos pe...
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
Agosto 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9





pesquisar neste blog
 
subscrever feeds