publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 30 Julho , 2009, 09:11

Por força das acções em que estou envolvido, participo, regularmente, em alguns dos eventos que fazem “manchete” nos media da região. Daí que muito naturalmente conheça as responsáveis pelas coberturas jornalísticas desses acontecimentos. Jornalistas que acabam por ser sempre as mesmas, qualquer que sejam os acontecimentos a reportar, o que se compreende considerando o número reduzido e as necessárias restrições económicas destes órgãos de comunicação. Esta circunstância contribui, curiosamente, para que sendo elas responsáveis, face às suas funções, pela popularidade de terceiros, essa mesma popularidade, por feito das suas assíduas presenças nos acontecimentos que temporalmente vão acontecendo no concelho, as venha também a atingir. E em reforço desta poularidade é frequente serem elas mesmo referidas pelos protagonistas dos acontecimentos com enaltecimentos e agradecimentos públicos. Gera-se assim algo que é já um hábito social, um “modus vivendi” típico, um retrato do nosso próprio “folclore” regional.

Fenómeno também de popularidade acontece especialmente com os apresentadores da “nossa” Rádio Arganil, nas várias rubricas de programas lúdicos radiodifundidos. Aqui é frequente assistir-se a uma interacção com os ouvintes que não raro assume mesmo uma envolvência sentimental e até familiar. O apresentador como que entra na casa do ouvinte e dialoga com ele em directo, via telefone, como se de conversa privada se tratasse. Tudo pode ser pretexto de conversa e há, muitas vezes, um carinho recíproco de tratamento que mais ainda contribui para a popularidade que estas vozes da rádio adquirem no universo de ouvintes.

Ao publicar este breve apontamento faço-o como motivo de uma principal finalidade. Deixar aqui expresso neste breve apontamento uma modesta homenagem, deste tão modesto meio que é o “Miradouro”, a todos os que no concelho têm por missão a tarefa de comunicar, seja em programas informativos, seja em programas de recreio e cultura, através da imprensa e da rádio.

Quem nestas fotos destacamos fazemo-lo por mera proximidade nos vários acontecimentos mediáticos em que temos estado presentes ou ainda por razões fortuitas da vivência quotidiana.   

Mas o reconhecimento é para todos os que nos nossos “media”, no dia a dia, nos dão a sua escrita e a sua voz. Um profundo agradecimento a todos

 

Nuno Espinal (O Miradouro)

 

 Lurdes Gonçalves em reportagem no Centro de Dia

 

 


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Julho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11





pesquisar neste blog