publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 13 Abril , 2009, 23:58

Publicamos um registo que Silvino Lopes (neto) enviou para o "tílias à conversa":

 

Permite-me, amigo Nuno, uma pequena correcção.

O meu avô Silvino, nunca fez parte da "Flor do Alva", como músico, mas nutria pela filarmónica da sua terra um carinho e amor como todos os restantes Vilacovenses.

No entanto, e sempre que estava em Vila Cova, bem como (perdoem-me se me engano) um tal de João, juntamente com o meu avô costumavam integrar os espectáculos da Flor do Alva, dando um especial brilho às suas actuações, pois, segundo me contaram, tanto esse sr João como o meu avô eram dois músicos (nos seus instrumentos) sem rival à altura entre os diversos membros constituintes da filarmónica.

Bem hajas Nuno por esta querida recordação que hoje me trouxeste, não só do meu avô mas também dos anos que juntos passámos no Besclore e onde tive o privilégio de te conhecer.

Obrigado.


Silvino Lopes

 

 

 

 

 

 

 

 


comentários recentes
Sinceros sentimentos pelo falecimento do Tó Man...
Não foi de Covid
DISTÂNCIA/SEPARATISMO DOS PARASITAS-HORRORIZADOS c...
Foi de Covid-19?
Caro Sr. Avelar: obrigado pelo seu comentário. Apr...
As nossas condolências para a família toda.Frenk e...
" Ser Poeta ė ser mais alto...(Florbela Espanca)Qu...
Caro Nuno: Gostei muito. Aliás não esperava outra ...
Demasiado jovem para partir.Que descanse em paz.
Sentidos pêsames a toda a família. Muita força e c...
Abril 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9

14

23



pesquisar neste blog