publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 06 Novembro , 2008, 23:43

 

Pois é. Vila Cova do Alva tem destas coisas. Desperta sentimentos e admiração. E quem por lá passa e se detém a observar os seus encantos, faz logo a promessa de retornar e interagir com toda a sua envolvência.
Todo o património histórico que lhe pertence, devia, por quem de direito, merecer uma atenção mais profunda, de modo a que toda a sua riqueza patrimonial se revalorizasse e ocupasse o lugar que o rigor da tradição lhe impõe.
Todas as colinas que a rodeiam, manchadas de verdes e frondosas árvores, de cujo ventre brotam águas puras e cristalinas, com o rio Alva a serpentear a seus pés num deslizar incessante e inesgotável, e muitos mais atributos que lhe são mais que devidos, dariam para transformar Vila Cova de Alva numa estância de veraneio de excelência.
Apetece-me plagiar uns versos do poema Viagens na Minha Terra de António Nobre:
 
“Ó Vila Cova da minha infância
Não sei que é, amo-te à distância,
Amo-te mais quando estou só…”
 
Um abraço
 
Quim Espiñal

 


De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




comentários recentes
Muito bem! Gostei. Contudo falta referir muitos pe...
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
Novembro 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9

18

25



pesquisar neste blog
 
subscrever feeds