publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 20 Agosto , 2008, 10:16

 

 

 

Apregoa-se a pacatez de Vila Cova e de repente, como em golpe de cartola, entra-se no mês de Agosto e zás: Vila Cova enche-se de gente. Aconteceu este ano, fenómeno verificado um pouco por todo o lado, nas aldeias à nossa vizinha.
Será um retomar de hábitos antigos?
Este ano, pelo menos, assim parece. Vê-se gente de fora, um pouco por todo o lado, nas “tílias”, no “café da Zira”, no “café do Albano”, no “chafariz de S. Sebastião”. À noite grupos passeiam-se, desafiando alguma friagem, já que o Verão 2008 não se deu a grandes calores.
Mas, nesta gente vinda de fora, permito-me a um realce dos mais jovens. Parafraseando revistas em voga deste nosso luso society, aí estão eles como modelos incontestados de “gente gira”.
Mais discretos, talvez, que os do meus tempo, mas a encherem de cor e vida espaços, por vezes algo dormentes, desta nossa Vila Cova.
Ontem organizaram-se, passaram a ponte e juntaram-se, com alguns de cá, no rio, na zona dos lavadouros.
Munidos quanto baste de “comes e bebes”, fizeram a sua festa. Dá gosto vê-los. E eu, na minha epidérmica rememoração, observo-os e quase morro de saudades…
 
 
Nuno Espinal
Fotos: Joana Martinho 
 
 
 
 
  
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

 

 


comentários recentes
Muito bem! Gostei. Contudo falta referir muitos pe...
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
Agosto 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






pesquisar neste blog