publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 08 Agosto , 2008, 10:17

 

É um prazer ouvi-lo!
 
Educado, de boas maneiras, bom trato, Laurentino da Costa Marques é um exímio contador de histórias. As suas pausadas narrações são estendidas ao detalhe.
Reveste a história dos pormenores necessários e os quanto bastantes, e conta com comprazimento “cenas” da sua Vila Cova de outrora.
 
Esta Vila Cova já não é a minha…, diz-nos algo magoado.
Faltam-lhe os valores, a jovialidade, a solidariedade das pessoas daquele tempo!
Faz uma pausa, o silêncio enfatiza a tristeza, a saudade, o tom dorido com que o exclama.
 
Uma meningite, há uns anos, afectou-lhe profundamente a audição.
Hoje, por condição, é no monólogo que exprime a sua sociabilidade.
 
É um prazer ouvi-lo, repito.
Naquele tempo…e a “estória” nasce, cresce e torna-se um todo.
 
Uma a uma iremos registá-las, trazê-las ao Miradouro.
Obrigado amigo Laurentino!
 
 
Nuno Espinal
 

 


De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Agosto 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






pesquisar neste blog
 
subscrever feeds