publicado por Miradouro de Vila Cova | Sábado, 26 Julho , 2008, 12:37

 

Após uma ausência de mais de um mês retornei a Vila Cova. Um dia tristonho, sem sol, alguns borrifos de chuva, as ruas desertas, Vila Cova igual a si própria.
À noite reunião na Misericórdia, já que urgia a análise e resolução de vários assuntos, uns pendentes, outros imergentes. Foi deliberado o apoio da Santa Casa ao III Capítulo da Confraria do Bucho.
 
Entretanto, de entre papéis amontoados na secretária, fui despertado para um memorando de um “Ecos do Alva” que diz: “A Misericórdia recebe (em 1948) da herança de Artur Cília um legado de 17.000$00”. Uma importância avultada naqueles tempos.
 
E a pergunta surge: Artur Cília, quem foi? Para os presentes, os que na reunião se encontravam, é um nome totalmente desconhecido.
 
Mas manda a gratidão e a justiça que lhe preservemos a memória. E a de outros também.
Para já sobre Artur Cília…alguém nos pode ajudar?
 
 
Nuno Espinal
 

 


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Julho 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9

17

24

28


pesquisar neste blog