publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 20 Fevereiro , 2007, 23:32

Gil não é só o da Expo
Vinhó também tem cá um
Este não foi inventado
Como ele não há nenhum

Diz que é mocho com prazer
E chama mocho aos irmãos
Todos são filhos de Deus
E são meros  cidadãos

Ser carpinteiro de oficio
E músico nas horas vagas
Para ser um grande artista
Já não precisa de largas

Tem ideias mas a medo
Por isso tem que pensar
Quem não arrisca não petisca
O melhor é avançar

Quase dono de Vinhó
S. João e arredores
Compra e vende terrenos
Sem ter medo de credores

Para além de ser pedreiro
È um grande pensador
De massa e colher na mão
Também se é um doutor

Mas cuidado que os fusíveis
Também podem rebentar
Lá se vai o livro escrito
Fica a massa para amassar

Mais telhas novas marcharam
Para os lados da escola
É que mesmo para o Santo
Trabalhar não é de borla

Somos um jardim florido
Com manjericos ao sol
A varanda é sagrada
Dá para desenrolar o rol

Pois todo o povo que passa
Tem que deixar o recado
Ratar na pele ao alheio
Falar mal não é pecado

Para as escadas da capela
O espaço é reservado
Aos que caem facilmente
Para pagar o pecado

É que por serem a pique
Para a espreita dá jeito
Tenham tento nessa língua
P`ra não produzir efeito

O que aqui está nos cartazes
Não é p`ra ofender ninguém
Mas a brincar a brincar
Lixou o macaco a mãe


comentários recentes
As nossas condolências para a família toda.Frenk e...
" Ser Poeta ė ser mais alto...(Florbela Espanca)Qu...
Caro Nuno: Gostei muito. Aliás não esperava outra ...
Demasiado jovem para partir.Que descanse em paz.
Sentidos pêsames a toda a família. Muita força e c...
Boa tarde. Qual é o valor em ml de 2/5 de azeite?
Muito bem! Gostei. Contudo falta referir muitos pe...
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
Fevereiro 2007
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9

15

21

28


pesquisar neste blog