publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 20 Maio , 2008, 00:41

 

Lá diz o ditado que “é de pequenino que se torce o pepino”. E o Tiago Raimundo tem feito jus a este tão velhinho dito, já que nunca se nega a qualquer responsabilidade a que o chamem, desde reger a “Flor do Alva”, até à leitura de um texto, mesmo curtinho que seja, mas sem se intimidar perante vasta assistência, como a da tarde festiva das comemorações do Dia de Santa Cruz.
O Tiago leu-o em voz naturalmente meiga e criou um momento de grande ternura na tarde.
 
Embora pequenino, estou aqui para agradecer ao Dr. Nuno e à Santa Casa da Misericórdia todo o apoio que têm dado às Instituições de Vila Cova.
Pelo carinho e disponibilidade que têm dado a Vila Cova, o meu muito obrigado.
Quando for grande quero, Dr. Nuno, seguir o seu exemplo e lutar pelo engrandecimento da nossa terra.
 
Claro, o texto foi escrito por mão adulta. Mas dito pelo Tiago ganhou outra dimensão. E de tal maneira que Nuno Espinal pediu ao Tiago a sua releitura, ao mesmo tempo que se expunha a uma fotografia que por certo ficará para sempre no seu álbum de recordações.
 
 
Palmira Barreiras

 


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Maio 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





pesquisar neste blog