publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 09 Maio , 2008, 00:24

 

 

Em 1912 o movimento demográfico na freguesia de Vila Cova registava uma taxa de natalidade elevada pois tinha contabilizado 38 nascimentos. Daqui a uns anos, mantendo-se as actuais projecções, será preciso porventura quase um século para que tal taxa se verifique na freguesia.
Por isso, é caso para se deitarem foguetes quando, actualmente, um nascimento atribuído a Vila Cova acontece. “Atribuído” e não “ocorrido” já que as políticas de saúde de agora, fora casos de excepção, assim o proporcionam. E assim aconteceu com a Leonor Gabriel Fonseca, cujo nascimento se verificou na Maternidade Daniel Matos, em Coimbra, mas cuja naturalidade vai ser atribuída, por certo, a Vila Cova.
Saudemos, pois, a nova vilacovense, que veio ao mundo com 3,150 quilos e 47 centímetros de comprimento. E saudemos também os pais, Ana Sofia Gabriel Paiva Fonseca (vilacovense) e João Pedro Marques Fonseca.
As maiores felicidades para os três.
 

 

 

 


De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Maio 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





pesquisar neste blog
 
subscrever feeds