publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 01 Maio , 2008, 00:25

 

 

As aldeias beirãs, que sobreviviam baseadas nos rendimentos do sector primário (agricultura, animais, etc.), foram gradualmente dependendo de outras fontes de rendimentos, com a afectação da sua população activa a empregos ligados aos serviços, ao comércio e à indústria. A velha loja das habitações, onde se recolhiam animais, alfaias agrícolas e géneros retirados da terra, acabou por perder a sua razão de existir. O aspecto das habitações alterou-se significativamente. Novos materiais de construção retiraram em definitivo o aspecto marcante das velhas casas de xisto, por vezes com escada exterior e o alpendre a encimá-la. Vila Cova não fugiu à regra. E o confronto entre as fotografias que publicamos, da castiça e típica Rua do Outeiro, (a foto antiga é dos anos 40) é bem revelador de diferenças entre outros tempos e a actualidade.
 
 
 
Nuno Espinal                                                                                       

comentários recentes
As nossas condolências para a família toda.Frenk e...
" Ser Poeta ė ser mais alto...(Florbela Espanca)Qu...
Caro Nuno: Gostei muito. Aliás não esperava outra ...
Demasiado jovem para partir.Que descanse em paz.
Sentidos pêsames a toda a família. Muita força e c...
Boa tarde. Qual é o valor em ml de 2/5 de azeite?
Muito bem! Gostei. Contudo falta referir muitos pe...
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
Maio 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





pesquisar neste blog