publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 29 Abril , 2008, 01:51
Equipa inicial:
Paulo (guarda-redes), kikas, Brito, Tó Cruz, Fábio, (defesas), Hugo, Paulo, Marco Paulo, Paulito (médios), David e Pataco (atacantes)
Suplentes: A. Antunes, Bruno Santos, Gonçalo, Fernando Ribeiro e Fernando Nunes
Treinador: Carlos Gomes
Directores presentes: José Pereira Nobre, Carlos Antunes,  Luís Manuel e Tó Garcia.
 
Disputou-se no passado domingo o jogo dos quartos de final da Taça do Inatel no Campo do Juventude de Vilela em Souselas, tendo mais uma vez o G. D. Vila Cova do Alva saído vitorioso.
O Vilacovense, continua numa sucessão de vitórias inigualável, jamais visto em clubes da sua grandeza.
Esta campanha de vitórias, faz com que Vila Cova do Alva se torne numa vila mais falada em todos cantos desta região.
Volta-se a confirmar mais uma vez que o Vilacovense é formado por um grupo de jogadores de grande valia, batendo-se com equipas de maior grandeza a nível de estruturas desportivas e humanas.
Mas como diz o velho ditado: “Os homens não se medem pela sua grandeza e quantidade mas sim pela qualidade” e por estas bandas eles são iguais ou melhores!
Foi um grande jogo muito bem disputado de parte a parte, primando sempre pelo fair play,
Foi também com muita alegria e euforia a participação e apoio dado pelo inúmero público do Vilacovense (maioria de espectadores) que se deslocou a Souselas/Coimbra acompanhando o seu clube de coração, tendo os jogadores no final retribuído com a devida vénia.
 
Resumo do jogo:
Aos 30 minutos mais uma jogada do Vilacovense, pela zona central, muito rápida em que Marquito remata isolado e o guarda-redes contrário efectua uma grande defesa.
O restante tempo da primeira parte foi dominado pela equipa adversária sem grande ocasiões de golo.
Começa a 2.ª parte com duas alterações no G. D. de Vila Cova do Alva, na substituição dos médios Paulo e David, pelos médios Nando e Gonçalo.
Com grande visão de jogo, foi aqui que o treinador do Vilacovense deu a reviravolta ao jogo e a partir dos 15 minutos da segunda parte o domínio foi todo da equipa visitante, vindo a resultar num golo de belo efeito pelo Marquito, numa jogada muito rápida.
Aos 35, num canto o J. de Vilela, chega ao empate para grande infelicidade de um defesa do Vilacovense já que a bola tabela nele e entra na baliza, sem lhe tirar o mérito de grande jogador.
Uma boa arbitragem protagonizada pelo Juiz da partida, mas mal acompanhado pelo arbitro auxiliar que acompanhou o ataque do Vilacovense na 2.ª parte, cometendo grandes erros com influência no resultado, mostrando pouca seriedade e motivando a própria expulsão do presidente do G. D. do Vilacovense por protestos e indignação.
Após o final do jogo e como se encontrava empatado era preciso encontrar um vencedor.
Passou-se a marcação de grandes penalidades e os jogadores do Vilacovense não perdoaram, convertendo-as todas, juntando-se uma grande defesa efectuada pelo guarda-redes de Vilacovense, levou-os COM MUITO MÉRITO a passar ÁS MEIA FINAIS DA TAÇA.
Desde já a Direcção e os jogadores do G. D. Vilacovense, agradecem com veemência o apoio e felicidade que os seus adeptos transmitem à equipa.
Muito Obrigado!
 
 
José Nobre

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Abril 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9

18


28


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds