publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 30 Agosto , 2021, 22:14

AGRADECIMENTO

A Flor do Alva saiu pela primeira vez à rua dia 14 de agosto de 2021,ao fim de um ano e meio de inatividade. Para nós, instituição, o dia foi vivido com muita expectativa, ansia e com muitas emoções à flor da pele. Foi com muito agrado que nos apresentámos publicamente, mas foi ainda mais surpreendente e inexplicável a forma calorosa, acolhedora e entusiasta como fomos recebidos por todos vós.

No entanto, para que tudo isto fosse exequível, temos de prestar o nosso agradecimento a todos os que nos ajudaram.

Reconhecemos também o esforço e envolvimento da União de Freguesias de Vila Cova de Alva e Anceriz, sempre dispostos e interessados em colaborar connosco. Obrigado por toda a ajuda neste dia.

Agradecemos também à Direção da Casa do Povo de Vila Cova de Alva pela cedência do espaço e à Santa Casa da Misericórdia de Vila Cova de Alva por todo o apoio e disponibilidade.

Endereçamos também uma palavra de gratidão para com os músicos/amigos da Lousã que nos vieram auxiliar neste momento de aperto. Esperamos que tenham gostado da nossa aldeia, da nossa companhia e que se tenham sentido tão bem na nossa presença como nós nos sentimos na vossa!

Infra expomos os amigos e sócios, que dignamente nos fizeram chegar os donativos, que fizeram com que o evento tivesse um saldo positivo após a liquidação de todas as despesas, incluindo estantes, candeeiros e gratificação aos músicos.

Por fim, não há palavras para agradecer a camaradagem e união estabelecidas entre nós, instituição, e entre vós, amigos, vilacovences e sócios.

Não podemos deixar de expressar uma palavra sentida e emotiva por nos terem recebido tão calorosamente, por terem participado no nosso evento, por estarem sempre do nosso lado, por nunca nos virarem as costas e por estarem sempre determinados a encorajar-nos e a atenderem aos nossos pedidos.

Muito obrigada, foi uma honra e um triunfo!

 

                                                                                         A Direção

 

 

 

 

 

Nome

União das Freguesias de Vila Cova

Isabel Maria  Silva Maldonado Cordeiro

Maria da Conceição Leitão

Carlos Lisboa Nunes

Artur Jorge Correia Leitão

Jean Gray / James Gray Douglas

Alumínios Dupema, Lda.

José Manuel Oliveira Alves

Margarida Mendes Madeira

Carlos Oliveira

José Artur Leitão da Costa

Grupo Fun. Abel Fernandes e Funeraria do Alva

Isabel Maria Neves Madeira

Mota Seguros (Fidelidade)

Fernando Vicente

Nuno Espinal

Fernando Jorge Pessoa

Elisabete Vieira Lourenço / Saul Ribeiro

Manuela Mendes Madeira

Maria da Graça Moreira Ferreira de Morais

Antonio Gabriel Almeida

Sonia Martins Santos

Elsa Leal

Maria do Rosário Martins

 

 

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 16 Agosto , 2021, 01:39

20210814_220020 (2).jpg

Com os devidos cuidados, que a pandemia impõe, Vila Cova, este último sábado, foi presenteada com três eventos lúdico/culturais que chamaram público ao largo a Praça, onde atuou o Grupo X Criações, integrado numa organização das Adxistur, com o apoio da CMA, e ao largo das Tílias, com um concerto da Filarmónica Flor do Alva e o show de Ruizinho, que com os seu acordeão e voz cantou, ao estilo desgarrada, quadras populares, sempre inseridas numa temática actual e l neste eespetáculosocal, tendo dado oportunidade, em tom de desafio, de ser respondido por alguns dos presentes.

Todos os intervenientes, nestes espectáculos, foram muito aplaudidos pelo público presente.

20210814_225327 (1).jpg

238528083_879046216044598_8217605795254550545_n (1).jpg

 

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 10 Agosto , 2021, 01:16

IMG-20210808-WA0005-003.jpg

É Agosto e a Malta não falha. Ainda faltam alguns, é certo, mas os que já cá estão animam o ambiente da aldeia, ora em divertidas “conversetas” na esplanada do Café das Tílias, ou nas passeatas com início em S. Sebastião e que, percorrendo a principal via da aldeia, a estrada, têm o seu objectivo no imprescindível “escuro”.

Sábado a Malta vai aplaudir, com a sua alegre presença, o concerto da nossa Flor do Alva e a voz popular do Ruizinho de Penacova, com a sonoridade bem “portuguesinha” do seu acordeão.

E o Ruizinho bem poderia cantar “o meu querido mês de agosto”. É que a Malta sentiria esse momento como seu, já que agosto sempre lhes foi um mês querido, com Vila Cova em pano de fundo.

E que o seja por muitos anos.

 

Nuno Espinal

 

IMG-20210808-WA0003-004.jpg

 


comentários recentes
Caro Dr. NunoFoi sem dúvida uma tarde e uma noite...
Sinceros sentimentos pelo falecimento do Tó Man...
Não foi de Covid
DISTÂNCIA/SEPARATISMO DOS PARASITAS-HORRORIZADOS c...
Foi de Covid-19?
Caro Sr. Avelar: obrigado pelo seu comentário. Apr...
As nossas condolências para a família toda.Frenk e...
" Ser Poeta ė ser mais alto...(Florbela Espanca)Qu...
Caro Nuno: Gostei muito. Aliás não esperava outra ...
Demasiado jovem para partir.Que descanse em paz.
Agosto 2021
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds