publicado por Miradouro de Vila Cova | Sábado, 29 Agosto , 2020, 17:44

foto.jpg

Vestidos a rigor, pousaram para a foto por certo por um motivo. Qual, não se sabe.

Os mais velhos reconhecem os rostos, mas ignoram o propósito da foto.

Supõe-se que se organizaram em Comissão para defesa de uma causa.

E a causa, naqueles tempos, consubstanciava-se, por certo, em Vila Cova.

Daí que a nossa perceção se incline para um qualquer objetivo que teria, no progresso e melhoramentos de Vila Cova, a sua finalidade.

A foto terá mais de sessenta anos. Foi-nos cedida pelo António Gabriel de Almeida. Lá está o seu pai, Jorge de Almeida, um Vilacovense que sempre se empenhou na defesa da Terra da sua opção: Vila Cova.

Tanto ele como os restantes da foto.  

Gente que pela sua raça e devoção para com a sua Vila Cova nos impele a esta simples homenagem.

Eis os seus nomes:

Sentados, da esquerda para a direita:

Álvaro Costa (o Ferrador), Augusto Gabriel, (grande filarmónico), Jorge de Almeida, João Abranches de Figueiredo e Adelino Alves.

Em cima:

Dr. José Leitão, João Barreto e António Gabriel.

 

Nuno Espinal

 
 
 

publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 26 Agosto , 2020, 23:02

57334355-54b0-4ffc-8bb6-5748ec5cfbfc (1).jpg

 

5f56e709-7f57-417c-abab-a34518b92edc (1).jpg

 

 

 

publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 25 Agosto , 2020, 22:26

baloiço-Alva-660x330.jpg

O Baloiço do Alva é a mais recente atração turística do concelho de Arganil. Situado na Freguesia Vila Cova de Alva, foi construído pela União de Freguesias de Vila Cova de Alva e Anceriz. Trata-se do segundo equipamento do género a “nascer” neste verão em Arganil. Já em julho havia surgido o Baloiço da Carriça, criado por quatro amigos (Pedro Sérgio, Nuno Martins, Daniel Santos e Ricardo Lopes). Foi instalado num dos pontos mais altos da Serra do Açor, perto do marco geodésico que se chama Carriça. Quanto ao novo Baloiço do Alva, trata-se de mais uma estrutura em madeira que foi colocada em colaboração com a população local.

 

Participação popular

 

Aliás, o executivo da União de Freguesias ouviu os residentes sobre a construção de dois baloiços (um em Vila Cova de Alva e outro em Anceriz), “sugestão que acolheu os maiores elogios”. “Mãos à obra”, determinaram os autarca locais, obtendo a colaboração de várias pessoas de Vila Cova de Alva, e escolhendo o Parque de Merendas do cruzamento para o Barril de Alva para fazer a instalação. “Este local proporciona a visibilidade da vila, do rio Alva e de toda a paisagem que beija o rio”, destacaram, garantindo que este baloiço, construído no passado domingo – com a ajuda, sobretudo, de Nuno Espinal, Rogério Fernandes (estreante do baloiço), José Mota, Carlos Lourenço, Fábio Santos, Miguel Mota, Carlos Fonseca, Nuno Lourenço, Gui Mota, Marco Fernandes, António Antunes, Luís Ribeiro e Nuno Gouveia – “já recebeu a visita de várias pessoas”.

 

Baloiço de Anceriz nos próximos dias

 

Anunciando que, entretanto, “o baloiço de Anceriz será construído nos próximos dias, entre esta aldeia e o posto de vigia de Monte Frio” – também “com a colaboração de pessoas de Anceriz que, desde a primeira hora, se prontificaram a ajudar” – os membros da referida União de Freguesias frisaram que esta infraestrutura vai igualmente “proporcionar que toda a paisagem seja vista em todo o seu esplendor”.

 

Gradeamentos ardidos em 2017 estão recuperados

 

Aproveitando para dar ainda a conhecer que, nesta União de Freguesias, “encontram-se também concluídos os trabalhos de reabilitação dos gradeamentos ardidos nos incêndios de 2017” –uma intervenção que contou com a colaboração da Câmara Municipal de Arganil, através da celebração de um contrato programa – o executivo adiantou que “também em Anceriz foi reabilitado o jardim em frente à Liga de Melhoramentos, com a colocação de pilares em tijolo e vigas na sua cobertura, bem como a colocação de vedações em madeira”. Já em Vinhó, “encontra-se a ser reabilitado o miradouro do Largo das Cerejeiras, bem como o gradeamento do parque infantil”, acrescentaram, esclarecendo que “esta reabilitação contempla a aplicação de produto protetor nas madeiras, assim como a pintura dos gradeamentos em ferro e paredes em cimento”.

 

Requalificação da Fonte dos Passarinhos

 

 “Em Vila Cova de Alva, além da reabilitação do corrimão na ladeira do rio e aplicação de outro na antiga lixeira, encontra-se a ser recuperado o da Fonte dos Passarinhos e está a ser aplicado produto protetor em bancos e mesas de jardim”, revelaram os responsáveis pela União de Freguesias de Vila Cova de Alva e Anceriz, enaltecendo que “em Casal de São João, foram recuperados os gradeamentos, bem como também as mesas e os bancos ali existentes”.

Lurdes Gonçalves

 

publicado por Miradouro de Vila Cova | Sábado, 22 Agosto , 2020, 20:06

IMG_7904.JPG

A estrutura de suporte já está montada. Agora falta o assento suspenso de cordas, que será a base do balancé. O baloiço panorâmico, chamar-se-á Baloiço do Alva e terá sinalética na estrada que o anunciará e levará muitos automobilistas a fazer uma paragem e com ocupantes da viatura a usufruírem de um momento de divertimento e de apreciação de uma das vistas mais cativantes das nossas estradas.

Um pormenor a salientar. O número de voluntários que se disponibilizaram a dar uma ajuda na montagem deste baloiço. A recordar a solidariedade de tempos antigos. E, quando assim é, a obra mais facilmente aparece…

 

Nuno Espinal

IMG_7910.JPG

 

 

publicado por Miradouro de Vila Cova | Sábado, 22 Agosto , 2020, 17:43

IMG_7899 (1).JPG

Os baloiços, especialmente criados como diversão para adultos e que se encontram, já com uma certa profusão, por este país fora, são moda deste verão de 2020.

Dão-nos a ilusão de nuances de objetiva de uma máquina fotográfica, no seu constante vai e vem, encontram-se implantados em zonas de deslumbrantes panoramas paisagísticos e transmitem, para muitos, uma intensa sensação de liberdade.

A nossa União de Freguesias captou este fenómeno e vai implantar dois baloiços, um em zona cimeira a Anceriz e outro em Vila Cova, no Miradouro das Alminhas, chamado por alguns como o “Escuro”.

Hoje, o próprio Presidente da União, ajudado por dois funcionários da Junta, pôs mãos à obra, com a abertura de buracos que receberão os postes que sustentarão a trave de onde será suspenso o baloiço.  

Cortados os ailantes, que ofuscam a deslumbrante paisagem que integra o casario de Vila Cova, o baloiço será um ponto de paragem de todos aqueles que procuram fotos, que hão de maravilhar quem delas puder usufruir.

 

Nuno Espinal

IMG_7887.JPG

IMG_7897.JPG

 

 

 

 

publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 19 Agosto , 2020, 15:11

Casa Mortuária: Regras excecionais de utilização

 

Preâmbulo

A Casa Mortuária de Vila Cova de Alva é propriedade da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Vila Cova de Alva, cabendo à respetiva Mesa Administrativa a determinação de procedimentos relativos à sua utilização.

Assim:

Como a prevenção é de extrema importância no combate ao COVID 19 e atendendo a regulamentação emitida pelo Governo,   a Mesa Administrativa elaborou um conjunto de regras, que devem ser cumpridas por quem na Casa Mortuária estiver presente em velório ou nele queira participar. 

Qualquer destas regras poderá ser revogada sempre que emergirem razões para tal.

Regras 

  1. A lotação máxima da Sala de Velório será de dez pessoas, incluídos, neste número, os familiares do defunto;
  2. Para além dos familiares, a quem neste caso não serão impostas restrições, as restantes pessoas não poderão permanecer na Sala de Velório para além de vinte minutos;
  3. As pessoas, dentro do Edifício da sala Mortuária, deverão sempre preservar a distância mínima de dois metros entre si e usar máscaras de prevenção, conforme as recomendadas pela Direção Geral de Saúde;
  4. Não é permitido utilizar qualquer equipamento de distribuição de bebidas ou de produtos alimentares;
  5. Meia hora antes da trasladação da urna para a Igreja ou cemitério, na Sala de Velório só podem permanecer não mais de cinco pessoas e desde que familiares do defunto;
  6. No período que antecede a trasladação da urna, na Sala de Velório, para além dos 5 familiares autorizados, só poderão ter acesso à Sala as quatro pessoas que transportarão a urna até ao exterior do Edifício e quem proceder ao cerimonial de rezas, conforme usos religiosos próprios;
  7. As casas de banho só poderão ser utilizadas por familiares do defunto, a quem se exige os procedimentos de boas práticas quanto a regras de higienização;
  8. Na Sala de Entrada da Casa Mortuária será colocado um livro de condolências que será disponibilizado a quem o desejar;
  9. Na Sala de Entrada da Casa Mortuária só poderá estar, para além de um representante da Agência Mortuária, a pessoa que vá entrar ou tenha saído da Sala de Velório, ou a que assine o livro de condolências, devendo ser portadora de uma caneta pessoal;
  10. Os aparelhos de ar condicionado não podem ser utilizados, sobre quaisquer circunstâncias, pelo que as janelas deverão estar abertas de forma a arejar a Sala de Velório;
  11. À entrada do Edifício e na Sala de Velório serão colocados recipientes de solução antisséptica de base alcoólica (SABA), solução que deverá ser utilizada por quem entra e sai do Edifício;
  12. O horário de funcionamento da Casa Mortuária será obrigatoriamente entre as 09h00 e as 23h00;
  13. Logo que a urna saia do Edifício da Casa Mortuária, ninguém pode nele permanecer, devendo a porta ser fechada por quem, pelo uso da chave ficou responsável.
  14. A Agência Funerária, contratada para o procedimento dos trâmites fúnebres, será responsável pela observação do cumprimento das regras estipuladas. 

 

A Mesa Administrativa

(Nuno Espinal, Provedor)

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 18 Agosto , 2020, 23:27

005b1c1a-083b-4f14-85f2-9cb1a997d286.jpg

É com grande consternação que damos conhecimento do falecimento do Sr. José Conceição Costa, de 92 anos de idade, que se encontrava como utente no Lar de Avô.

Deixa viúva a Sra. Dª Felismina Jesus Fernandes Jorge e era pai da Sra. Dª Maria Adelaide Leitão Costa Pessoa e do Sr. José Artur Leitão Costa.

Apresentamos à Família as nossas mais sentidas condolências.

 

 

publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 17 Agosto , 2020, 17:45

images.jpg

As notícias chegaram a Vila Cova com um alto alarmismo e pouca dose de verdade.

Falava-se em mais de 150 infetados com Covid no nosso concelho, em localidade nas proximidades de Vila Cova.

Contudo, parece ser uma realidade a deteção de dois casos de Covid 19, o que não deixa de ser preocupante,  no concelho de Arganil, que a própria Rádio Clube de Arganil noticia e que já publicou em nota escrita que damos a conhecer aos nossos leitores.

Sabemos ainda que vão ser feitos testes a todas as pessoas declaradas em contacto com esses jovens, pelo que é possível que o número e infetados possa aumentar.

Eis a nota que recolhemos da Rádio Clube de Arganil:

“Existindo conhecimento de dois casos confirmados de covid-19 no concelho de Arganil, em que os infetados são um jovem casal de namorados a residir na zona do alto concelho, e considerando que se tem registado grande dificuldade na identificação das pessoas que estiveram recentemente em contacto com esses jovens, informa-se que são considerados contactos com exposição de alto risco, as pessoas com:

- Contacto frente a frente com um caso de COVID-19 a uma distância de menos de 2 metros e durante 15 minutos ou mais;

- Contacto físico direto com um caso de COVID-19;

- Contacto direto desprotegido com secreções contaminadas de um caso de COVID-19;

- Contacto em ambiente fechado com um caso de COVID-19 (ex. coabitação, sala de aula, sala de reuniões, sala de espera) durante 15 minutos ou mais.

Nesta sequência, em nome da saúde de todos, apela-se a que todos os que estiveram em contacto com os jovens que estão doentes e que tenham enquadramento na definição de contacto com exposição de alto risco, entrem em contacto com a linha Saúde 24: 808 24 24 24.”

Nuno Espinal

 
 

publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 17 Agosto , 2020, 17:32

 

 

publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 16 Agosto , 2020, 03:37

IMG_7680.JPG

Tomadas as devidas precauções que a pandemia exige, o Salão da Casa do Povo teve as suas cadeiras com ocupação em pleno, preenchidas com espetadores que se divertiram com a apresentação da peça “Kung-Fú Fú”, representada pelo Grupo “Os Gorgulhos” e escrita por Silvino Lopes.

A peça narra a história de uma família chinesa, em que o filho manifesta a ambição de ser ninja, pelo que, para conseguir os objetivos, parte para as montanhas do Tibete, onde procura um mestre ninja.

Todo o enredo joga com as personalidades diferentes dos personagens, evidenciando o autoritarismo de uma mãe pragmática, de um pai preguiçoso, submisso e enfronhado na especulação filosófica e de um filho em que a herança genética dos pais se evidencia numa simbiose, que balança entre o espírito aventureiro e um certo estado de afracamento.

“Kung-Fú Fú”, apresentada num cenário e adereços minimalistas, mas que são o bastante para uma perfeita adequação ao texto, tem nos seus atores (Silvino Lopes, Fernanda Santana e Acácio Simões) excelentes interpretações, em que suplantam a sua condição de amadores, já que atuam como verdadeiros profissionais.

Antes da exibição da peça, os espetadores tiveram oportunidade de apreciar a pintura Fernando Vinagre, em estilo muito vincado do expressionismo.

Uma noite cultural que se aplaude e que é uma verdadeira pedrada no charco em que a cultura, naquilo que é a sua essência, é pouco incentivada, excetuando muito poucos oásis, em todo o país.

 

Nuno Espinal

IMG_7641.JPG

WhatsApp Image 2020-07-25 at 11.26.18.jpeg

 

 
 
 

comentários recentes
Caro Sr. Avelar: obrigado pelo seu comentário. Apr...
As nossas condolências para a família toda.Frenk e...
" Ser Poeta ė ser mais alto...(Florbela Espanca)Qu...
Caro Nuno: Gostei muito. Aliás não esperava outra ...
Demasiado jovem para partir.Que descanse em paz.
Sentidos pêsames a toda a família. Muita força e c...
Boa tarde. Qual é o valor em ml de 2/5 de azeite?
Muito bem! Gostei. Contudo falta referir muitos pe...
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Agosto 2020
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
13
14
15

20
21

23
24
27
28

30
31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds