publicado por Miradouro de Vila Cova | Sábado, 23 Maio , 2020, 03:06

IMG_7837 (1).JPG

Houve quem conjeturasse o fim do Vilacovense, a curto prazo. Mas, quem o fez enganou-se redondamente.

O Vilacovense está bem vivo e vai emergir com pujança, a afiançar um longo futuro, um futuro consistente.

Senão, vejamos:

Desconhece-se quando se iniciará o “Inatel de Futebol”.

Mas, quando tal acontecer, o Vilacovense afirmará que a sua identidade não se circunscreve ao que, exclusivamente, ocorre dentro das quatro linhas.

A alma do Vilacovense está principalmente nos seus adeptos, nos seus associados, do que eles sentem, do clube, na representatividade da sua terra, da sua Vila Cova, diz-nos o Presidente da Instituição, José Raimundo.

E continua: Mas, também devemos ter a maior consideração por adeptos nossos da Digueifel, de Anceriz, de Vinhó e Casal de S. João que tantas vezes vêm ao nosso campo e apoiam a nossa equipa.

As palavras de José Raimundo são como um prólogo a uma evidente realidade. De facto, o campo João de Abranches Figueiredo é um espaço que reúne gente de várias localidades que ali se juntam e, para além da eventual vibração que do jogo emerge, estão ali muito pelo convívio, pela conversa, pela amizade.

Raimundo comunga deste raciocínio e, por isso mesmo, é com grande entusiasmo que refere: os sócios, os adeptos, todos os amigos que nos visitam quando há jogos, merecem a nossa maior consideração. Por isso, o investimento deliberado pela Direção vai todo para lhes proporcionar, no nosso campo, um maior conforto. Daí que tenhamos vedado toda a área de que o Vilacovense é proprietário, a fim dos que nos visitam sentirem mais o espaço. Construímos uma bancada, que será coberta, e que naturalmente privilegiará os associados, com a ideia de que no futuro possamos investir em mais lugares de bancada. Criámos uma churrasqueira para que os nossos sócios dela possam usufruir sempre que o quiserem para um convívio com familiares e amigos. Aumentámos o nosso edifício com uma sala para reuniões da Direção e convívio de jogadores depois dos jogos, seguindo uma tradição típica do Vilacovense.

E o futebol? Em que situação é que estamos?

José Raimundo responde: temos 17 jogadores e treinador já assegurados. Mais 2 ou 3 jogadores e temos o plantel fechado. Mas, nada prometemos relativamente a vitórias. O importante é existirmos. E essa é para já a maior vitória.

 

Nuno Espinal

IMG_7838-001.JPG

IMG_7839 (1).JPG

 


comentários recentes
Boa tarde. Qual é o valor em ml de 2/5 de azeite?
Muito bem! Gostei. Contudo falta referir muitos pe...
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Maio 2020
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
15
16

18
19
20
21
22

24
26
27
28
29
30

31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds